Menu
terça, 20 de outubro de 2020
Caso Milton Sonoda

Mulher que matou o marido em 2016 será levada a júri popular nesta segunda-feira (18)

18 Jun 2018 - 13h16Por Redação São Carlos Agora
Mulher que matou o marido em 2016 será levada a júri popular nesta segunda-feira (18) -

Será julgada nesta segunda-feira (18) a advogada, Milene Estácio da Silva, acusada de matar o professor universitário Milton Taidi Sonoda, seu marido, na época.O crime aconteceu em maio de 2016.

O júri popular está marcado para começar às 13h30 no Fórum Criminal de São Carlos.

Milene, foi indiciada pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação e destruição de cadáver e também por corrupção de menores. Ela teria planejado o assassinato, além de envolver a filha de 17 anos no crime.

Parentes e amigos de Sonoda estão na frente do fórum com cartazes pedindo por Justiça.

O crime

O corpo de Sonoda foi encontrado dentro do seu Chevrolet Agile que foi incendiado na região da fábrica de motores, na rodovia SP-215. Ao lado havia uma cova rasa onde seria enterrado.

Os investigadores tiveram acessos a conversas de Whatsapp entre Milene e a filha que mostram ambas tramando a morte de Milton que foi assassinado a facadas.

A advogada está presa no presídio de Santana na capital paulista e a adolescente cumpriu medida socioeducativa na Fundação Casa de Cerqueira Cesar.


Amigos e familiares estão reunidos na frente do Fórum Criminal de São Carlos.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias