quinta, 18 de julho de 2024
Ciência em cartaz

Exposição na USP reúne obras criadas pelo público durante o Pint of Science São Carlos

Mostra será exibida até o final de agosto nas vitrines da Biblioteca do ICMC

03 Jul 2024 - 09h33Por Yves Vieira e Henrique Fontes
Exposição na USP reúne obras criadas pelo público durante o Pint of Science São Carlos -

Uma exposição gratuita está disponível ao público a partir desta terça-feira, 18, nas vitrines da Biblioteca Achille Bassi, no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP. Fruto da oficina Ciência em Cartaz, a mostra conta com 30 cartazes que trazem reflexões sobre inteligência artificial e evidenciam a criatividade da população são-carlense, mostrando o figurativo, o abstrato, o absurdo e o fantástico, sem limites para a imaginação.

Produzidos na noite de 15 de maio, os cartazes foram confeccionados durante a oficina oferecida ao público que acompanhava o festival internacional de divulgação científica Pint of Science, na Praça da XV, em São Carlos. Naquela noite, um dos bate-papos foi “Se a inteligência artificial pode pensar e criar, ela vai me substituir e acabar com os empregos? A partir desse tema, a população foi desafiada a pegar papel, cola e tesoura para criar mosaicos com imagens e figuras que levassem a refletir sobre como será o futuro dessa área tão importante em diversos contextos da atualidade.

“As imagens que vêm à nossa mente quando pensamos em inteligência artificial costumam sempre estar associadas a máquinas, equipamentos, sistemas. Às vezes, a gente até esquece que tudo isso é fruto do trabalho humano e do quanto as pessoas são as responsáveis por desenvolver e usar essas tecnologias, tal como acontece com uma cola e uma tesoura”, afirma Denise Casatti, analista de comunicação do ICMC e coordenadora do Pint of Science São Carlos. “Em um mundo que parece caminhar para a desumanização da inteligência artificial, é fundamental estimular reflexões”, adiciona.

A oficina Ciência em Cartaz foi coordenada pela artista visual Priscila Belloti, e foi resultado de uma parceria entre o ICMC e o Instituto Angelim, que contou com o apoio do CICBEU São Carlos e da Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil. A idealizadora da oficina explica o principal objetivo da atividade: “Uma oficina de colagem é um convite à manualidade, ao tátil e ao lúdico. Recortar, rasgar, colar, estimular a criatividade a partir do gesto e da própria materialidade do papel. Na oficina, trabalhamos a partir de uma reflexão sobre a inteligência artificial e os seus efeitos nas nossas vidas. Um brincar que estimula o pensamento sobre essa tecnologia cada vez mais presente no cotidiano.”

Criado em Londres em maio de 2013, o Pint of Science chegou ao Brasil em 2015, quando o ICMC colocou São Carlos no mapa do evento. Desde então, o evento tem experimentado um crescimento notável, estendendo-se este ano para 129 cidades em todo o país.

O bate-papo sobre inteligência artificial no evento, em São Carlos, teve a participação dos professores Fernando Santos Osório, Marcelo Manzato, Ricardo Marcacini e Solange Rezende, todos do ICMC. Para Osório, os comandos usados para criar conteúdos com ferramentas de inteligência artificial, chamados de prompts, podem gerar imagens muito bonitas, mas a arte humana vai além desse tipo de recurso: “É o humano quem escolhe algumas palavras e, a partir delas, tentar criar uma imagem usando uma ferramenta de inteligência artificial, a qual, de forma limitada, vai expressar uma visão específica das ideias e pensamentos de seu autor”.

Leia Também

Últimas Notícias