Menu
terça, 24 de novembro de 2020
Cidade

Barba assina convênio de R$ 24 milhões para construção de 785 casas

31 Jan 2009 - 14h18Por Redação São Carlos Agora
O prefeito Oswaldo Barba (PT) assinou na manhã desta sexta-feira (30), no Paço Municipal Sesquicentenário, convênio com a Caixa Econômica Federal (CEF) no valor de R$ 22,9 milhões com contrapartida da Prefeitura de R$ 1,2 milhões, para a construção de 785 unidades habitacionais que atenderão famílias com renda mensal de 1 a 3 salários mínimos.

Participaram da assinatura do convênio o diretor presidente da Progresso e Habitação São Carlos (Prohab), João Muller, do presidente da Câmara Municipal, vereador Lineu Navarro, do Superintendente Regional da CEF, Isaac Samuel dos Reis, além de diversos secretários municipais e vereadores.

As moradias serão construídas com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), via Ministério das Cidades, e fazem parte do Programa de Atendimento Habitacional (Pró-Moradia).

Pelo projeto serão construídas 57 moradias no loteamento social Dom Constantino Amstalden (São Carlos VIII), 79 em Santa Eudóxia, 179 no bairro Cidade Aracy e 470 no Jardim Morumbi.

Cada moradia terá dois quartos, sala, cozinha e banheiro, além de ser dotada de um aquecedor solar de baixo custo, que é desenvolvido pela própria Prohab.

João Muller destacou que das 44 cidades contempladas com recursos do Pró-Moradia, apenas 3 são da região sudeste. “Isso mostra a qualidade e a importância do projeto apresentado por São Carlos ainda no ano passado”

O diretor presidente da Prohab ressaltou, ainda, que a abertura da licitação para a construção das 785 unidades, deve acontecer ainda no primeiro semestre deste ano. “Os beneficiados pelo programa terão 12 meses de carência e mais 240 meses para pagar sua casa”, finalizou.

Para o Superintendente Regional da Caixa Econômica Federal, Isaac  Samuel dos Reis, o convênio hoje assinado é resultado de um trabalho de uma administração competente que São Carlos tem.

O dirigente da CEF ressaltou, também, que com o Pró-Moradia, o governo Lula retoma os programas que possibilitam que as pessoas mais pobres tenham acesso à moradia. “Esse é um programa que tem um alcance social muito grande e que resulta, sem dúvida nenhuma, na melhoria da qualidade de vida de muitas pessoas que passam a ter sua casa própria”, concluiu Reis.

De acordo com Oswaldo Barba, que reconheceu o esforço do seu antecessor, o ex-prefeito Newton Lima, pelo empenho na aprovação do programa junto ao Governo Federal, além de oferecer moradia para as pessoas mais carentes da cidade, o Pró-Moradia será também uma oportunidade de emprego para muita gente em São Carlos, já que a previsão é de que as obras comecem em breve.

O prefeito lembrou que, com visão e coragem, o presidente Lula tem tomado decisões que buscam amenizar os efeitos da crise mundial gerada pelos Estados Unidos.

“Com o programa Pró-Moradia nós vamos viabilizar a construção de 785 moradias, abrindo assim a possibilidade para que muitas pessoas de baixa renda no nosso município conquistem sua casa própria. Esse é o nosso propósito, fazer de São Carlos uma cidade moderna e humana”, festejou Barba. 

Pró-Moradia

O programa Pró-Moradia é uma iniciativa do Governo Federal, por meio do Ministério das Cidades. Ele tem por objetivo oferecer acesso à moradia à população com renda de 1 até 3 salários. A modalidade do programa utilizada por São Carlos foi a produção de conjuntos habitacionais. Os recursos utilizados são do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) e a contrapartida da Prefeitura corresponde a 5% do valor do investimento. Os investimentos para cidades acima de 100 mil habitantes são de R$ 28 mil por unidade habitacional.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias