Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Crime brutal

Polícia prende acusado de espancar adolescente até a morte em passarela em Ibaté

19 Ago 2018 - 19h35Por Redação
Polícia prende acusado de espancar adolescente até a morte em passarela em Ibaté - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

A Polícia Militar de Ibaté prendeu no final da tarde deste domingo (19) um dos acusados de espancar até a morte o adolescente Everson Rocate Luiz, de 16 anos. O crime aconteceu na madrugada da última quarta-feira (15), na passarela José Perruche, na região do Jardim Cruzado.

Logo após o crime a equipe de investigações da Polícia Civil da localidade passou a buscar pela identidade dos envolvidos e a elucidação do caso se tornou questão de honra, tamanha brutalidade com a qual o crime foi cometido.

O São Carlos Agora conversou com o investigador Adegas que informou que Everson era usuário de entorpecentes e teve um desentendimento banal com dois homens na passarela e por isso acabou sendo morto de forma cruel. Ele recebeu vários chutes na cabeça e quase foi arremessado do local, por isso o motivo de ser encontrado com as calças abaixadas.

Um dos assassinos teria dito que só cessaria as agressões quando a última lágrima do adolescente caísse.

As investigações apontaram que o motivo da morte não seria nenhuma dívida de drogas, tratou-se de um motivo fútil.

O policial civil adegas declarou que os agressores tinham porte físico avantajado, diante do corpo franzino de Everson, que não teve nenhuma chance de defesa.

Com as identificações dos autores, o delegado Wilton Gonçalves Garcia representou junto à Justiça pela prisão temporária por 30 dias de ambos.

As informações foram repassadas também a Polícia Militar e durante patrulhamento os PMs Antonelli e J.Batista acabaram localizando Deivide Lopes Machado de 27 anos, conhecido como Rato, que já tem passagens criminais por assalto, no Jardim Cruzado. Ele foi conduzido ao plantão policial e depois recolhido ao Centro de Triagem, onde permanece preso até o término das investigações. Caso seja confirmada sua participação no crime, será indiciado pelo crime de homicídio.

O segundo envolvido, já identificado pela Polícia, segue foragido, mas pode ser preso a qualquer momento.

Everson foi morto de forma cruel e não teve chance de defesa. (foto arquivo SCA)

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias