Menu
sexta, 22 de janeiro de 2021
Brasil

São Carlos se destaca em ranking de competitividade nacional e fica em 15º lugar entre 405 cidades

Ranking de Competitividade dos Municípios busca a competição saudável no setor público.

23 Nov 2020 - 19h25Por Redação São Carlos Agora
São Carlos se destaca em ranking de competitividade nacional e fica em 15º lugar entre 405 cidades - Crédito: 4Fly Imagens Aéreas Crédito: 4Fly Imagens Aéreas

O Ranking de competitividade dos municípios elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), com auxílio da Gove – plataforma que se propõe a aumentar a eficiência dos municípios -, coloca São Carlos na 15ª colocação entre as 405 cidades do país com população acima de 80 mil habitantes.

Segundo o CLP, o ranking é composto por 55 indicadores, organizados em 12 pilares e 3 dimensões (veja imagem abaixo). “Ele é fruto de uma ampla reflexão sobre quais são os temas fundamentais para se analisar a competitividade a nível municipal no Brasil. A edição de 2020 analisa 405 municípios brasileiros, representando os municípios do país com população acima de 80 mil habitantes”, informou.

De acordo com os critérios apresentados no quadro acima, São Carlos atingiu a pontuação geral de 58,46. A classificação é maior do que a média do estado que é 52,67 pontos e bem superior a média nacional que é de 46,61 pontos.

Se levarmos em consideração apenas municípios de 200 mil a 300 mil, São Carlos ocupa a terceira posição, atrás apenas de Barueri e Indaiatuba.

São Carlos também se destaca em relação a cidades vizinhas do mesmo porte. Araraquara é 27ª na posição geral, enquanto que Rio Claro ocupa a posição 143.

Segundo o CLP, o Ranking de Competitividade dos Municípios busca a competição saudável no setor público. “A competição no setor público é um elemento complementar à promoção da justiça, equidade e desenvolvimento econômico, social e institucional. Adaptado em relação ao conceito utilizado no setor privado, a definição de competitividade sob a ótica da gestão pública diz respeito à capacidade de planejamento, articulação e execução por parte do poder público, em seus territórios de responsabilidade, na promoção do bem estar social, atendimento às necessidades da população e geração de um ambiente de negócios favorável. O elemento competitivo é compatível com a ideia de uma república federativa como a brasileira. A competição saudável faz com que os municípios busquem melhorar seus serviços públicos, atraindo empresas, trabalhadores e estudantes para ali viverem e se desenvolverem”, completou.


comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias