domingo, 19 de maio de 2024
Ribeirão Preto

Idoso de 88 anos que morreu após ser agredido pela filha tinha várias fraturas e marcas de mordida pelo corpo

27 Jan 2020 - 17h01Por Redação São Carlos Agora
Acusado detida na viatura da PM - Crédito: X-Tudo RibeirãoAcusado detida na viatura da PM - Crédito: X-Tudo Ribeirão
Exames realizados no Instituto Médico Legal (IML) apontam que o idoso Cid Ieve Fernandez Grassi, 88 anos, morto no último sábado (25), teve várias fraturas pelo corpo. A filha, Debora Fernandez, 50, confessou à Polícia que agrediu o pai. O caso aconteceu em uma residência no Jardim Paulista, em Ribeirão Preto.
 
No boletim de ocorrência lavrado pela Polícia Civil consta que o idoso sofreu fraturas nas costelas, nariz, sofreu mordidas e lesões pelo corpo e crânio, bem como apresentava marcas de defesa no braço.
 
Em depoimento, Debora alegou que agrediu o pai depois que ele entrou no quarto com as calças arriadas, tentando supostamente abusar dela. Depois disso teria partido para cima dele desferindo tapas, socos e empurrões. 
 
A mulher disse ainda que antes do crime teria consumido bebida alcoólica e fez uso de remédios. O caso foi registrado como homicídio e a acusada encaminhada para a cadeia feminina de Guariba. O caso segue sendo investigado.

Leia Também

Últimas Notícias