quinta, 11 de agosto de 2022
"Querem nos coagir e nos impedir"

Djalma Nery afirma estar sendo intimidado após denúncias na CPI da Prohab

Sem mencionar quem seria o responsável, vereador protocolou ofício em secretaria para debater segurança

11 Jul 2022 - 16h53Por Marcos Escrivani
Djalma Nery protocolou ofício na secretaria de segurança pública - Crédito: redes sociaisDjalma Nery protocolou ofício na secretaria de segurança pública - Crédito: redes sociais

Sem mencionar nomes e/ou profissões, o vereador Djalma Nery (PSOL) protocolou junto a Secretaria de Segurança Pública, um ofício para debater sobre protocolos de segurança que ajudem a garantir a continuidade de suas atividades e prerrogativas parlamentares.

O vereador fez um post em sua página no Facebook durante a tarde, salientando que há pessoas na sociedade são-carlense que querem intimidá-lo, coagir e impedir que ele faça o seu trabalho. “Eu não aceito isso”, ponderou.

Segundo ele, tais intimidações teriam origem após a aprovação nesta segunda-feira, 11, de um relatório elaborado por ele e aprovado pelo Legislativo sobre os desdobramentos da CPI da Prohab. Indignado, garantiu que seguirá trabalhando da mesma forma e que ninguém conseguirá calá-lo.

No relatório aprovado pelos vereadores integrantes da CPI, Djalma aponta indícios do cometimento de dez crimes e recomendou a abertura de uma Comissão Processante contra o prefeito Airton Garcia.

O post em sua íntegra vai abaixo publicado:

“Querem nos intimidar, nos coagir e nos impedir de fazer o trabalho para o qual fomos eleitos. Eu não aceito isso.

Tendo em vista ameaças, recados e o acirramento dos conflitos e da violência política que estamos vivendo no Brasil e os desdobramentos da CPI da Prohab cujo relatório elaborado por mim foi aprovado hoje (segunda-feira, 11), protocolei ofício junto à Secretaria de Segurança Pública solicitando reunião para falarmos sobre protocolos de segurança que ajudem a garantir a continuidade de minhas atividades e prerrogativas parlamentares. É inaceitável que nosso mandato esteja tão exposto e vulnerável aos que tentam acobertar a todo custo as falcatruas que estamos denunciando. Como seguir trabalhando dessa forma?

Absurdo o que estamos vivendo! Não vamos nos calar nem retroceder! Iremos honrar nossos votos e realizar o melhor e mais combativo mandato parlamentar que esta cidade já viu!”

Leia Também

Últimas Notícias