segunda, 22 de julho de 2024
Chegou a hora

Grêmio faz estreia histórica na Copa Paulista

Jogo ficará marcado para o clube, que disputa pela primeira vez a competição que dá vaga em torneio nacionais

14 Jun 2024 - 16h09Por Marcos Escrivani
Grasseli: “A ideia é que possamos ser competitivos desde a primeira rodada” - Crédito: Fernando Zanderin JúniorGrasseli: “A ideia é que possamos ser competitivos desde a primeira rodada” - Crédito: Fernando Zanderin Júnior

Ainda na Série A4 do Campeonato Paulista, mas com o sonho e o propósito de uivar alto. Terá pela frente adversários das séries A3 e A3 na fase de classificação. Irá respeitar sim, mas temer, jamais. Vai ainda sonhar com a possibilidade de ter na agenda de 2025 um torneio nacional. Campeonato Brasileiro da Série D ou até mesmo a Copa do Brasil.

Assim, o Grêmio São-carlense, um “bebê” perto de experientes e tradicionais clubes paulistas fará sua estreia na Copa Paulista. Na verdade, estreia em todos os sentidos, já que a partida deste sábado, 15, vai ser a primeira na história do clube na competição.

A partir das 15h, no estádio municipal Dr. Augusto Schmidt Filho, o Lobo da Central encara o Rio Claro pela primeira rodada da fase de classificação do grupo 3 que terá ainda no mesmo horário, Taquaritinga x União São João. O XV de Piracicaba folga na tabela.

Sob o comando do técnico Alexandre Grasseli, 25 jogadores vão dar o primeiro passo nesta campanha que promete ser histórica. Apesar de jovem, o Grêmio não quer fazer feio e fez contratações de atletas que possui experiência. O destaque é o meia Claudemir, que se formou no São Carlos e fez carreira na Europa, com mais de 50 jogos pela Champions League e Europa League.

Há três semanas Grasseli treina a equipe que fez um amistoso preparatório e ficou no 1 a 1 com o Primavera de Indaiatuba, que disputa a Série A2.

Em uma entrevista exclusiva ao SCA, ele relatou como foi a preparação, quais as pretensões do clube e o que espera para este primeiro compromisso, salientando que a ideia é fazer do Grêmio uma equipe competitiva. “Que vá buscar o gol, mas que seja uma equipe sólida, consistente no aspecto defensivo e a partir daí construir o resultado que nos interessa que é a vitória”, disse.

A entrevista

São Carlos Agora - Após três semanas de preparação e contratações “por atacado”. O que o Grêmio aspira na Copa Paulista?

Alexandre Grasseli - É bem verdade que ainda estamos na última semana e fizemos apenas um amistoso, mas nesse tempo pudemos observar o elenco, entender o que tínhamos nas mãos e a partir daí definir o nosso modelo de jogo, a nossa estratégia para a partida de estreia, que acontece nessa semana. A ideia do Grêmio, com certeza, é fazer a melhor participação, classificar num primeiro momento para a segunda fase e a partir daí, jogo a jogo, entendendo que é uma outra competição, seguir na competição até as finais.

SCA - Você recebeu atletas em vários estágios técnicos e físicos. Não há uma homogeneidade. Como pretende definir o onze titular?

Grasseli - É normal em qualquer preparação você ter uma heterogeneidade em relação à parte técnica e física dos atletas e o que nós fizemos na primeira e na segunda semana foi buscar uma aproximação desses níveis técnicos e físicos para, a partir daí, estarmos definindo os 11 iniciais.

Eu vejo hoje que o elenco se igualou, estamos tendo sessões de treino muito interessantes e não contamos apenas com 11 atletas mas sim com todo o elenco. Isso é gratificante para o treinador e para a comissão técnica, ao ponto que você aumenta as possibilidades de variação, mas eu acredito que os 11 iniciais vão estar pautados na estratégia do jogo, naquilo que nós pretendemos de melhor para a estreia.

SCA - Necessitará de quantas rodadas para fazer o time engrenar na competição?

Grasseli -  Essa é uma pergunta difícil de ser respondida por qualquer treinador em qualquer nível. A ideia é que possamos ser competitivos desde a primeira rodada. Se engrenar é ter resultado, eu acredito que já buscaremos o resultado desde a primeira rodada. É um jogo difícil, fora de casa, uma estreia, mas o pensamento tem que ser sempre em somar pontos. Tem que ser sempre em apresentar um bom futebol, mas acima de tudo sendo competitivo.

SCA - Contra o Rio Claro, que Grêmio teremos em campo? Acredita em uma equipe bem competitiva?

Grasseli -  Como eu falei, o Grêmio tem que ser caracterizado por um perfil competitivo. Essa é uma competição, a Copa Paulista, que exige esse nível de competitividade da equipe. Desde o meu primeiro dia aqui no Grêmio São-carlense, eu coloquei a necessidade aos atletas para que fôssemos competitivos, para que entregássemos o melhor em cada partida. Aquele que entrasse, se fosse 10 ou 20 minutos, entregasse o melhor, não de forma desorganizada, só na transpiração, mas também na inspiração, ou seja, num jogo pensado, num jogo jogado, com ideias, com estratégias, com organização ofensiva, defensiva e nas bolas paradas. Nós temos que ser um time competitivo, valorizando aquilo que temos de potencial, de melhor, para que possamos alcançar os nossos objetivos.

SCA - O Grêmio irá com um grupo mais conservador para garantir pelo menos um empate ou será ousado e buscar os três pontos?

Grasseli -  Então, a partir da primeira rodada, as equipes começam a se estudar, pois cada equipe já vai ter o jogo do adversário, já vai ter a temperatura de cada equipe na competição e poderemos ter uma estratégia mais clara para cada jogo. Nós não temos uma referência muito clara e precisa em relação ao Rio Claro para essa primeira partida, mas temos a nossa ideia de jogo, que é ser uma equipe competitiva, que vá buscar o gol, mas que seja uma equipe sólida, consistente no aspecto defensivo e a partir daí construir o resultado que nos interessa que é a vitória.

Leia Também

Últimas Notícias