sábado, 13 de abril de 2024
Fumacê

Saúde intensifica ações de combate à dengue em Ibaté

Além da nebulização, visitas aos imóveis e distribuição de material informativo também estão entre as atividades

28 Fev 2024 - 07h00Por Assessoria de Imprensa
Saúde intensifica ações de combate à dengue em Ibaté - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

A Prefeitura de Ibaté, através da Secretaria Municipal de Saúde e da Vigilância Epidemiológica, intensificou as ações em combate à Dengue na cidade. Visando ampliar o combate contra a doença, nesta terça-feira, 27, foi iniciado o “fumacê” nos quintais das residências em toda região do Jardim Bandeirantes e Domingos Valério, onde se concentram os casos registrados nesta semana.

Além da nebulização, visitas aos imóveis e distribuição de material informativo também estão entre as atividades que vem sendo realizadas para combater o Aedes Aegpyti e conscientizar a população. “O método do “fumacê” consiste na aplicação de uma solução de inseticida “Cielo” no interior dos quintais das residências para eliminar a proliferação das larvas dos mosquitos. Essa metodologia tem alta efetividade no bloqueio da transmissão das arboviroses, como dengue, zika e chikungunya, por meio do controle químico do Aedes Aegypti”, destaca Hewerton Henrique Costa Clement, supervisor de Controle de Vetores.

Durante a ação, as equipes recomendam manter portas e janelas abertas, não permanecer próximo ao profissional, retirar os animais de estimação, bem como, recipientes onde bebem água e se alimentam. “É extremamente importante o envolvimento da sociedade no combate à doença. Pedimos a todos que reservem um tempo para os cuidados no domicílio”, explica Hewerton.

Para que as ações possam dar certo, o engajamento da população é fundamental no auxílio ao combate do mosquito. “Somente com a participação popular e ajuda de todos é que venceremos essa batalha”, afirma a secretária municipal da Saúde, Elaine Sartorelli Breanza.

Ela ressalta que a colaboração é importante, tanto para receber e auxiliar o trabalho dos servidores de Controle de Vetores, quanto nos cuidados para evitar a reprodução do mosquito dentro de casa. “É imprescindível que todo mundo vire um agente de saúde e observe o seu quintal”, acrescentou.

De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica, desde o início desse ano, foram notificados 114 casos, sendo 22 positivos, 68 negativos e 22 aguardam resultados.

Os bairros que tiveram casos confirmados neste ano foram: Jardim Cruzado (7); Vila Bandeirantes (4); Encanto do Planalto (3); Jardim Mariana (2); Centro (2); Jardim Nossa Aparecida (Aparecidinha) (2); Popular (1); Domingos Valério (1), totalizando os 22 casos positivos.

Leia Também

Últimas Notícias