sexta, 19 de abril de 2024
Capacitação

Prefeitura de Ibaté promove curso para merendeiras

A ação aconteceu no Centro Comunitário “João Batista Lopes”, com a duração de 4 horas

16 Fev 2024 - 06h32Por Redação
Prefeitura de Ibaté promove curso para merendeiras - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Com o objetivo de aperfeiçoar e atualizar o conhecimento das merendeiras sobre alimentação escolar, boas práticas e manipulação de alimentos, a Prefeitura de Ibaté, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura e do Centro de Processamento de Alimentos (CPA), realizou um treinamento para as profissionais atuantes na rede de ensino da cidade.

A ação aconteceu no Centro Comunitário “João Batista Lopes”, com a duração de 4 horas, ministrada pela equipe de nutricionistas da Rede Municipal. “Para que os nossos profissionais trabalhem de maneira mais assertiva e realizem tarefas da forma correta, tornando os resultados do âmbito escolar mais positivos, é necessário se reciclar sempre. A capacitação contou com pauta de boas práticas e manipulação de alimentos e também procedimentos que devem ser adotados por serviços de alimentação, conforme a legislação sanitária”, destacou Márcia Pisanelli, responsável pelo CPA.

A secretária de Educação e Cultura, Danielle Garcia Chaves, falou da importância de trazer a capacitação para este público responsável pela manipulação de alimentos dentro das escolas. “A merenda escolar se constitui em um dos alicerces do processo de aprendizagem, onde estão contidos todos os subsídios nutricionais que possibilita melhor rendimento do aluno em sala de aula. Todas as nossas merendeiras e auxiliares de cozinha têm um papel importante no desenvolvimento das crianças. Que elas continuem sempre com essa visão de cuidar desses pequenos como se fossem seus filhos, proporcionando um crescimento saudável para eles”, apontou.

Durante o treinamento, os nutricionistas abriram um espaço para que as merendeiras pudessem tirar suas dúvidas, bem como falar das experiências durante o trabalho. “As ações oferecidas às merendeiras da Rede de Educação são um espaço de troca, onde não somente a equipe de nutricionistas ensinam, mas o diálogo e a troca de experiências são parte fundamental no processo, adaptando-se à rotina de cada Unidade de Educação”, afirmou a nutricionista Bruna Maria Alves.

Essa capacitação é feita uma vez por ano, abrangendo todas as cozinheiras e auxiliares de cozinha, desde escolas municipais, estaduais e até creches. Após o treinamento foi realizado um café e momento de descontração.

Leia Também

Últimas Notícias