Menu
quinta, 03 de dezembro de 2020
Em Araraquara

Pastor é acusado de abusar da filha adotiva e da sobrinha

20 Out 2020 - 17h52Por Redação São Carlos Agora
Imagem Ilustrativa - Crédito: DivulgaçãoImagem Ilustrativa - Crédito: Divulgação

Um pastor é acusado de abusar sexualmente da filha adotiva de 14 anos e da sobrinha de 10. O caso teria ocorrido no bairro Selmi Dei, em Araraquara.

Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso está sendo investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).  O homem de 31 anos teria levado a filha adotiva para andar de moto e teria passado as mãos nos seios,  pernas e partes íntimas dela. A jovem alega que ficou sem reação.

A adolescente alegou em depoimento que em outra oportunidade o pastor a chamou para assistir TV e pediu para que ela deitasse no chão com ele. O acusado teria mordido a orelha da menina e passado a mão em sua vagina.

Na semana passada o pastor teria tentado por várias vezes levar a filha adotiva para o quarto.

Quem denunciou o caso foi a mãe da menina de 10 anos. Ao ficar sabendo do ocorrido com a adolescente de 14 anos, a mãe perguntou para a filha se algo já teria ocorrido, pois ela frequentava a casa da prima.

A criança contou que durante uma brincadeira de "guerra de travesseiros", o pastor teria passado a mão em suas partes intimas, porém ela não contou o ocorrido à mãe, apenas deixou de frequentar a casa.

O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o caso e a adolescente de 14 anos foi levada para a casa de parentes. Ela e a prima foram submetidas a exames de corpo de delito no IML.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias