terça, 21 de maio de 2024
Saúde pública

Campanha de vacinação de combate à gripe continua em Ibaté

As doses são disponibilizadas em todas as Unidades de Saúde, de segunda a sexta-feira

25 Abr 2024 - 06h54Por Assessoria de Imprensa
Campanha de vacinação de combate à gripe continua em Ibaté - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

A Prefeitura de Ibaté, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, continua realizando a vacinação contra o vírus influenza, causador da gripe, nos grupos prioritários.

As vacinas são disponibilizadas em todas as Unidades de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 15h. É importante levar documento com foto e carteira de vacinação.

A Influenza, conhecida popularmente como gripe, pode causar complicações sérias, especialmente em grupos de risco, como crianças, idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas. A Secretaria de Saúde reitera que a vacina contra a Influenza é segura e recomendada para todas as pessoas dentro do público-alvo. “As unidades básicas de saúde estão preparadas para receber a população e garantir uma vacinação segura e eficaz”, apontou Elaine Sartorelli Breanza, secretária municipal de Saúde.

A secretária explica que o contágio da gripe ocorre através das secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. “O vírus também é transmitido da forma indireta, por meio das mãos que podem levar o agente infeccioso direto à boca, olhos e nariz, após contato com superfícies recém contaminadas por secreções respiratórias. Medidas simples como lavagem frequente das mãos, uso de lenços descartáveis, cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar, manter os ambientes arejados, também ajudam na prevenção da gripe”, conclui.

Quem pode se vacinar

– Crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias);

– Gestantes e Puérperas;

– Pessoas com 60 anos ou mais de idade;

– Povos indígenas e comunidades tradicionais quilombolas;

– População em Situação de Rua

– Pessoas com deficiência permanente;

-Pessoas portadoras de doenças crônicas (comorbidades e imunossupressão);

– Trabalhador da Saúde;

– Trabalhadores da educação do ensino básico a superior;

– Profissionais das forças de segurança e salvamento e CET;

– Profissionais das Forças Armadas;

– Caminhoneiros;

– Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbano e de longo curso;

– Trabalhadores Portuários;

– População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas sócio educativa;

– Funcionário do sistema de privação de liberdade;

– Pessoas com comorbidades;

– Pessoas em situação de rua;

Vacina 100 Dúvidas

O Governo de São Paulo criou o portal “Vacina 100 Dúvidas” com as perguntas mais frequentes sobre vacinação nos buscadores da internet. A plataforma esclarece questões como efeitos colaterais, eficácia das vacinas, doenças imunopreveníveis e quais os perigos ao não se imunizar. O acesso está disponível no link: https://www.vacina100duvidas.sp.gov.br/

Leia Também

Últimas Notícias