quinta, 25 de abril de 2024
Região

Mulher é morta na frente da filha pelo ex-marido no Itamaraty em Leme

22 Abr 2015 - 08h52Por Portal Leme News

O terceiro caso de homicídio do ano de 2015 foi registrado na noite desta segunda-feira (20) em Leme. Em um crime bárbaro, uma dona de casa identificada como Nilze de Fátima dos Santos, de 52 anos, foi assassinada na frente de sua filha de 14 anos. Segundo a polícia, ela foi atingida por aproximadamente três tiros disparados pelo seu ex-marido, José Leonicio Vitor, de 53 anos. Após atirar contra a mulher, ele tentou se matar, efetuando um disparo contra sua cabeça. Muito abalada, a filha do casal que presenciou o crime, não teve condições de prestar esclarecimentos sobre o fato.

De acordo com uma testemunha, por volta das 20h50, José Leonício parou seu veículo ao lado da vítima que caminhava juntamente com a filha pela Rua Juan Troya, no Bairro Itamaraty onde passaram a discutir. Ao perceber que o homem estava armado, a mulher tentou retirar a arma de suas mãos quando foi atingida. Após atirar contra a mulher, ele se ajoelhou e disparou contra sua própria cabeça. Caído no chão e ferido, ele ainda tentou efetuar um segundo disparo contra a cabeça. Uma pessoa que passava pelo local conseguiu retirar a arma de sua mão.

A equipe de resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada e quando chegou ao local encontrou os corpos caídos. Imediatamente eles foram socorridos e encaminhados ao Pronto Socorro da Santa Casa onde a mulher não resistiu aos ferimentos e veio a falecer. Ferido pelo tiro disparado no próprio ouvido, o ex-marido permanece internado sob escolta da Polícia Militar e deverá ser preso assim que receber alta. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio.

Segundo a polícia, no dia 2 de março de 2015, a mulher compareceu na Central de Polícia Judiciária onde um Boletim de Ocorrência de ameaça foi elaborado. Ela relata no histórico no BO, que vinha sendo ameaça de morte pelo ex-marido que ainda teria dito que após mata-la, iria cometer suicídio. A arma usada, um revólver Taurus calibre 32, oxidado, foi apreendido pela polícia. O armamento estava municiado com cinco cartuchos deflagrados e um intacto. O corpo de Nilze de Fátima dos Santos, foi encaminhado para exame necroscópico no Instituto Médico Legal de Limeira (IML) e foi sepultado no final da tarde desta terça-feira, dia 21, no Cemitério São João Batista, em Leme.

Leia Também

Últimas Notícias