quarta, 24 de abril de 2024
Região

Jovem assassinada em Américo é identificada; crime pode ter sido motivado por vingança

17 Fev 2015 - 09h20Por Araraquara.com
Foto Daniela Bombarda/Araraquara.com - Foto Daniela Bombarda/Araraquara.com -

A jovem encontrada morta em meio a uma plantação de amendoim em Américo Brasiliense, na manhã desta segunda-feira (16), foi identificada como sendo Jéssica Gabriela dos Santos Pelegrini, de 20 anos, moradora do bairro Luiz Ometto.

Segundo a prima que fez a identificação, Jéssica saiu de casa por volta das 2 horas deste domingo, junto com uma amiga identificada como Vanessa, que já foi localizada pela Polícia Militar e presta depoimento na Polícia Civil, em Araraquara.

Vanessa já apresentou três versões diferentes para sua saída com Jéssica. Primeiro, foram a uma festa no bairro Luiz Ometto. Depois, a jovem falou que elas estiveram no bairro São Judas. E, na última versão, que tinham saído para usar cocaína ali por perto.

A Polícia diz que Vanessa saiu da Cadeia Feminina de Santa Ernestina há cinco meses, depois de cumprir pena por tráfico. Ela é namorada de um rapaz conhecido como Pirata e, segundo amigos de Jéssica, ela teria contado a Vanessa que o rapaz esteve envolvido com outra garota enquanto ela estava presa.

No entanto, a própria Jéssica já havia saído com Pirata e, depois de delatá-lo para Vanessa, levou uma surra dele.

Além disso, segundo a prima de Jéssica, a jovem estava com suspeita de gravidez, confirmação que só o laudo do Instituto Médico Legal (IML) poderá confirmar. Por isso, a Polícia investiga a participação de Pirata e Vanessa no crime, assim como o rapaz ser o pai da criança que ela supostamente esperava.

A vítima também era conhecida no meio policial por envolvimento com o tráfico de drogas e tinha três filhos. Um morava com ela, outro com o pai e um terceiro vivia em um abrigo de menores em Américo por conta de negligência.

A mãe de Jéssica morreu no ano passado vítima de atropelamento nas proximidades de uma fábrica na entrada de Américo. A avó também morreu atropelada anos atrás.

A suspeita foi levada para Américo Brasiliense para prestar novo depoimento. O delegado Jesus Nazeré Romão irá acompanhar o caso. (Colaborou Daiane Bombarda)

Leia Também

Últimas Notícias