Menu
terça, 18 de maio de 2021
Região

Dr. Alessandro pede empenho no trabalho de combate a dengue

24 Jan 2013 - 17h58
0 - 0 -

O prefeito de Ibaté Dr. Alessandro Rosa, preocupado com o volume de chuva que caiu em toda a região nos últimos dias, pediu empenho e dedicação no trabalho de prevenção realizado pelos agentes de combate a vetores e agentes comunitárias de saúde no combate a dengue.

Os moradores que frequentemente são visitados pelas agentes através de um trabalho contínuo recebem orientações de medidas e ações simples, mas de grande importância e que evitam a disseminação do mosquito transmissor da dengue.

Os locais considerados estratégicos para a proliferação do mosquito, como borracharias, fábricas e depósito de sucatas, recebem as visitas com mais frequência, e sempre é realizada uma detalhada vistoria, além de reforçar as orientações.

De acordo com o prefeito, será mantida em Ibaté a realização periódica de atividades voltadas ao combate da doença para conscientizar e mostrar para a população a importância da prevenção.

“Um assunto de extrema importância e que pode causar a morte quando não cuidado da maneira correta, nossa cidade está livre do mosquito da dengue, mas para que assim permaneça, é preciso que todos colaborem, as agentes com as visitas e orientações e a população fazendo sua parte”, avaliou o prefeito.

Segundo as agentes, a colaboração é fundamental, sendo perceptível a grande mudança no interior das residências e quintais, embora algumas pessoas ainda joguem seus lixos e entulhos em terrenos baldios, o que além de errado, contribui com a disseminação do mosquito.

As agentes destacam também as caçambas distribuídas estrategicamente nos bairros da cidade, para que os moradores tenham um local adequado para depositarem seu lixo e entulho, sem colocar a saúde da população em risco.

SINTOMAS: Em caso de suspeitas, a população deve se atentar aos sintomas de febre aguda com duração de até 7 dias, dor atrás dos olhos, dores musculares, dores nas juntas, prostração e vermelhidão no corpo. Apresentando algum destes sintomas, a pessoa deve sempre procurar um médico imediatamente e jamais praticar a automedicação, o que pode agravar ainda mais o quadro clinico. 

MUNICÍPIO: O município de Ibaté apresentou resultado positivo no ano de 2012, segundo o Ministério da Saúde, obtendo o índice satisfatório, ou seja, abaixo de 1%, o que comprova que o trabalho de combate e prevenção desenvolvido no município apresenta resultado eficaz.

ORIENTAÇÃO: A Vigilância Epidemiológica pede a atenção da população para os cuidados que podem auxiliar no combate a dengue evitando novos pontos de criadouro. É importante lembrar  que a dengue é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus através do mosquito Aedes Aegypti, considerada atualmente como um dos problemas principais de saúde pública.

Medidas simples podem colaborar com o combate a dengue, como por exemplo, evitar água parada, esvaziar e escovar paredes internas de recipientes que acumulam água, manter fechadas cisternas, caixas d’agua e reservatórios provisórios, furar pneus e guarda-los em locais protegidos das chuvas, guardar latas e garrafas de cabeça para baixo para não reter água, limpar periodicamente calhas de telhados, marquises e rebaixos de cozinhas e banheiros, não permitindo o acúmulo de água, jogar quinzenalmente desinfetante nos ralos externos das edificações e nos internos de pouco uso, drenar terrenos onde ocorra formação de poças, não acumular latas, pneus e garrafas, encher com areia ou pó de pedra poços desativados ou depressões de terrenos, manter fossas sépticas em perfeito estado de conservação e funcionamento, não despejar lixo em valas, valetas, margens de córregos e riachos, mantendo-os desobstruídos, manter permanentemente secos, subsolos e garagens, não cultivar plantas aquáticas, colocar peixes barrigudinhos em charcos, lagoa ou água que não possa ser drenada.

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias