Menu
sábado, 06 de março de 2021
Região

Dez dias depois do crime, ex-marido é preso por matar mulher em Araraquara

12 Set 2016 - 20h01

Foragido há dez dias, Atenodoro de Moraes Lula, acusado de matar a ex-mulher, a doméstica Isabel Cardoso Lula, de 46 anos, e ainda esfaquear o então namorado dela Pedro Ruano Monge, 56, no dia 2 deste mês, em frente a casa dela na Vila Xavier, foi preso nesta segunda-feira, escondido dentro da casa da irmã, no Jardim Nova Matão, na região da Baldan, em Matão. Ele estava com mandado de prisão expedido pela Justiça.

Saiba Mais

Filha faz apelo para que pai seja preso pela morte da mãe em Araraquara

"Estávamos acompanhando, mas a Polícia Militar recebeu a denúncia e junto com uma equipe nossa foi até a casa. Ele não resistiu a prisão e acabou preso antes de viajar para o Paraná, onde pretendia ficar escondido", diz o titular da Delegacia Seccional de Araraquara, delegado Fernando Giaretta. Lula foi levado à cadeia de São Carlos, mas deve ser transferido ao Anexo de Detenção Provisória e, então, indiciado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

O crime chocou os moradores vizinhos da Rua Rui Barbosa, na Vila Xavier. Além de matar a ex-mulher, Atenodoro também esfaqueou o atual namorado de Isabel, Pedro Ruano Monge, 56, conhecido no bairro por ter tido um carneiro de estimação. Ele saiu do hospital no fim de semana. O relacionamento dos pais de Jennifer sempre foi complicado até ela conseguir a separação. Ele, sozinho e morando com um dos filhos, não aceitava o fim. Muito menos que ela tivesse outra pessoa. Fez ameaças e chegou a escrever cartas pedindo uma chance.

Em uma delas, dizia que não conseguia mais se encontrar, sentindo-se derrotado e com um vazio no peito. No dia do crime, Isabel e Pedro voltavam da pizzaria na esquina de casa até serem abordados por Atenodoro, que os aguardava em um terreno baldio. De forma premeditada ele a feriu no pescoço; Pedro foi atingido com quatro golpes nas costas. Isabel foi levada ao hospital, mas morreu antes de ser atendida.

Na semana passada, a filha Jennifer Lula fez um desabafo. "Quantas vezes as suas mãos me acariciaram e teu colo me sustentou. Você era meu herói, quantas vezes pedi a Deus que me desse um esposo como você. Eu não via mácula no teu sorriso, nem maldade no teu coração. Quero que saiba o quanto eu amo você, mas que a Justiça seja feita na sua vida." Ela fez apelo na internet para que o pai seja preso. Postou foto atualizada e buscar por notícias.

(Araraquaraja.com)

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias