sexta, 23 de fevereiro de 2024
Região

CMDCA realiza reunião e marca conferência para outubro

13 Ago 2010 - 11h07Por Redação São Carlos Agora

Com o objetivo de descobrir e sanar os problemas que envolvem a infância e juventude ibateense, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Ibaté realizou, na quarta-feira (11), uma reunião no salão de festas da Paróquia Santo Antônio.

A reunião contou com a participação de representantes do Conselho Tutelar, Fórum, imprensa, autoridades religiosas e da comunidade em geral.

Na reunião ficou decidido que a cidade realizará a 1ª Conferência Municipal da Infância e Juventude. A conferência será no dia 6 de outubro, no Centro Comunitário, a partir das 8 horas da manhã. A participação é gratuita.

O presidente do CMDCA, o advogado Antônio Carlos Pastori, pede o apoio da sociedade. “Convido toda a sociedade para discutirmos nesta conferência quais são as prioridades, dificuldades e problemas da nossa cidade envolvendo crianças e adolescentes. É um tema de extrema importância e temos que pensar preventivamente”, diz.

O advogado acrescenta que a participação da sociedade é fundamental. “Além de trabalharmos junto com o município, contamos com o apoio da população: pais, professores, vereadores, delegados, juizes, promotores, jornalistas. Enfim a todos os interessados”.

Renata Fumagale, presidente do Conselho Tutelar de Ibaté, ressaltou a importância desta conferência. “A 1ª Conferência Municipal da Infância e Juventude é de extrema importância porque as dificuldades serão apontadas e as soluções tomadas”.

 

TÓPICOS – Toda a cidade encontra seus problemas na área da infância e juventude. A presidente do Conselho Tutelar revela que são preocupantes os casos de jovens utilizando drogas. “A droga é o ponto crítico em Ibaté, porque se o jovem não quiser se tratar, a situação fica ainda pior”.

No caso de indisciplina escolar o Conselho Tutelar só pode atuar quando todas as alternativas já se esgotaram. “A indisciplina é um problema escolar. O Conselho entra em ação quando o professor e os pais já conversaram com os filhos e não houve resultado”.

O padre Carlos Alberto Giacone comentou que muitos problemas ocorrem devido à falta de estrutura familiar. “Hoje em dia grande parte das pessoas não tem um vínculo familiar e estabilidade. Além disso, estamos numa sociedade em que o prazer é fundamental, por isso as crianças e adolescentes vão para esse lado das drogas e gravidez precoce”.

ABRIGO – Desde quando assumiu a prefeitura, o prefeito José Luiz Parella, o Zé Parrella, se preocupa muito com as crianças da sua cidade. Recentemente, ele inaugurou o Abrigo Infantil “Waldomiro Guaratti”.

Ele lembra que durante a sua primeira campanha eleitoral (2004), andava pelos bairros e via as crianças sem nenhuma opção de lazer. Estavam abandonadas e brincavam nas ruas. “Atualmente, graças a Deus, a realidade das nossas crianças é completamente diferente! Hoje elas têm campos de areia, parquinhos em todos os bairros e escolas de primeiro mundo e, em breve, terão o Complexo Esportivo Parrellão, lá na Popular”.

Com o novo abrigo, o município não precisará mais pagar aluguel. O local possui sala de TV, dormitório, masculino e feminino, dormitório para a administradora, berçário, sala de rouparia, cozinha, copa/refeitório, depósito e dispensa de alimentos, sanitário masculino e feminino para as crianças e mais um sanitário para os funcionários e, por fim uma área de serviço onde está localizada a lavanderia deste abrigo. “É um ambiente totalmente familiar e acolhedor, que proporcionará total comodidade e conforto às crianças e adolescentes”, ressaltou o prefeito.

Leia Também

Últimas Notícias