Menu
domingo, 20 de junho de 2021
Região

Bandidos atiram contra pm’s durante perseguição a carro roubado em Leme

07 Mai 2015 - 11h17Por Portal Leme News

Uma perseguição a um carro suspeito movimentou o setor policial na manhã desta quarta-feira (6) em Leme. A viatura da Polícia Militar com os cabos W. Machado e Odair realizava patrulhamento pelo Jardim Eloísa, quando os policiais determinaram a parada de uma camionete Fiat Strada, com placas da cidade de Pirassununga e ocupada por dois homens. Desobedecendo a ordem da polícia, eles passaram a fugir em alta velocidade pelas ruas do bairro e adentrando na estrada rural que de acesso ao Bairro Graminha.

Ao perceber que não conseguiriam fugir, a dupla abandonou o carro em uma plantação de cana. No momento que desembarcaram do veículo, eles efetuaram disparos de arma de fogo em direção dos policiais que não foram atingidos. Com o apoio de outras equipes da PM, GCM e também da Polícia Civil, o local foi cercado na tentativa da localização dos suspeitos. O Grupamento Aéreo da PM com o helicóptero ‘Aguia’ foi acionado e realizou uma busca no local, mas os indivíduos não foram localizados.

Carro estava com a placa trocada e era roubado

Ao vistoriar o carro abandonado, os policiais constataram que ele transportava diversos produtos de origem suspeita. Quatro televisores, notebook, máquina de lavar roupas, joias e dois rádios de comunicação (HT) estavam na camionete. Ao ser pesquisada a placa fixada no veículo [FDG-3323 de Pirassununga], nenhuma irregularidade foi verificada. Uma pesquisa feita através do número do chassi, apontou que a camionete Fiat Strada havia sido roubada na cidade de Aguaí (SP) no dia 5 de março de 2015. Dois pares de placas também foram localizadas no interior da pick-up e a polícia acredita que essas placas também estavam sendo usadas no carro, pois pertencem a veículos idênticos ao que foi abandonado.

Após diversas pesquisas, os policiais conseguiram localizar um mecânico residente no Bairro Santa Clara na cidade de Rio Claro, que informou que sua casa havia sido arrombada e diversos objetos foram furtados. Ele compareceu na Central de Polícia Judiciária de Leme onde reconheceu os materiais apreendidos como de sua propriedade. "Eu e meus familiares saímos de casa às 8h e por volta do meio dia, recebi uma ligação telefônica de um policial aqui de Leme me perguntando se havia sido vítima de furto. Preocupado liguei para meu vizinho e fui informado que minha casa estava arrombada", disse a vítima de Rio Claro.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias