quinta, 18 de abril de 2024
ADN

Dicas para manter seu apartamento mais arejado no verão

Arquiteta do Grupo ADN compartilha estratégias para garantir conforto térmico sem abrir mão da sustentabilidade.

23 Fev 2024 - 12h00Por ADN
Cores claras, materiais naturais, piso frio entre outros recursos ajudam a manter o ambiente mais arejado. (Crédito: Grupo ADN) - Cores claras, materiais naturais, piso frio entre outros recursos ajudam a manter o ambiente mais arejado. (Crédito: Grupo ADN) -

Com as altas temperaturas do verão, manter o apartamento fresco e ventilado torna-se uma prioridade para muitos que recorrem ao ar-condicionado como alternativa para driblar a onda de calor, porém o uso deste aparelho tem algumas desvantagens como elevar a conta de energia elétrica no fim do mês. 

Outro fator comumente relatado é que o contato excessivo com o ar frio do ar-condicionado pode gerar alguns desconfortos físicos e de saúde como tosse, coriza, dor de garganta, ressecamento da mucosa das vias aéreas, congestão nasal entre outros problemas respiratórios. 

E para quem não tem o ar-condicionado, a alternativa é usar ventilador que gasta menos energia, porém também não é recomendado dormir com ele ligado porque pode ressecar o ar do ambiente e gerar desconforto. 

Para driblar o clima seco e os dias quentes de forma mais econômica, saudável e sustentável, a arquiteta do Grupo ADN, Giulia Soares Falvo, compartilha algumas dicas e truques que irão garantir um ambiente mais agradável e ventilado. 

ESCOLHA DO APARTAMENTO 

Ao buscar um novo apartamento é fundamental considerar características que facilitem a manutenção de um ambiente fresco e ventilado. Apartamentos com sacada ou varanda oferecem a possibilidade de aproveitar a ventilação natural e criar espaços externos agradáveis para relaxar. Além disso, é importante escolher imóveis que tenham estrutura para instalar ar-condicionado, como é o caso dos apartamentos do Grupo ADN que oferece essa opção para quem prefere o ar artificial. 

“Para quem não tem um apartamento com ponto de ar-condicionado e também varanda ou sacada, não tem problema, pois existem outras alternativas como a combinação de elementos como cores claras, materiais naturais, plantas, piso frio, umidificares entre outros recursos que ajudam bastante a manter o ambiente com uma boa ventilação”, explica a arquiteta. 

Pedimos para a especialista listar as principais dicas que podem ser aderidas com facilidade e compartilhamos a seguir. 

Decoração com a cor do ano, Peach Fuzz, um tom de pêssego suave e aveludado. (Crédito: Pinterest) 

CORES CLARAS E MINIMALISMO NA DECORAÇÃO 

Uma das estratégias mais eficazes para criar um ambiente fresco e arejado é através das cores e da decoração. Optar por tons claros nas paredes e na escolha dos móveis ajuda a refletir a luz e manter o ambiente mais iluminado e fresco. Além disso, o minimalismo na decoração pode contribuir para uma sensação de amplitude, evitando o acúmulo de objetos que possam sobrecarregar o ambiente. 

Inclusive, a Pantone que é conhecida por seus padrões de cores e soluções digitais no âmbito do design, divulgou a Peach Fuzz como a cor deste ano. Um tom de pêssego suave e aveludado que transita entre o rosa e o laranja, que transmite a sensação de gentileza, aconchego, conforto e paz interior. 

Cores como o verde menta, azul, variações do cinza e do bege, além dos tons claros com fundo frio também transmitem frescor e são perfeitos para apartamentos. 

Tons claros com fundo frio transmitem frescor e são perfeitos para apartamentos. (Crédito: Pinterest) 

PISO FRIO E MATERIAIS NATURAIS 

A escolha do revestimento do piso também desempenha um papel crucial na temperatura do ambiente. Materiais como porcelanato cimentício são ideais para manter o espaço mais fresco. Além disso, optar por tecidos e texturas leves e respiráveis, como algodão, linho e palha, ajuda a promover a circulação do ar e manter o ambiente confortável. 

“Minimalismo na decoração pode dar a sensação de amplitude e tira o peso do ambiente. A dica é evitar mantas e muitas almofadas, por exemplo. Sugiro tecidos de texturas leves e respiráveis, geralmente materiais naturais como algodão, palha, linho e o voil”, destaca Giulia. 

Piso frio e porcelanato cimentício são ideais para manter o espaço mais fresco. (Crédito: Grupo ADN) 

ILUMINAÇÃO ADEQUADA 

A iluminação pode influenciar significativamente na sensação térmica do ambiente. A arquiteta recomenda optar por fontes de luz que não transmitam calor, como os LEDs, e evitar tons quentes e amarelados. Uma boa opção são os trilhos eletrificados, que permitem uma iluminação direcionada e eficiente, sem aquecer o ambiente. 

AMBIENTES BEM VENTILADOS E INTEGRADOS 

Manter o apartamento bem ventilado é essencial para garantir o conforto térmico em dias mais quentes. Mantenha janelas e portas abertas para promover a circulação do ar e, sempre que possível, integre os ambientes para facilitar a ventilação cruzada. Isso permite que o ar quente escape e seja substituído por ar mais fresco, mantendo o ambiente agradável e arejado. 

  As plantas decoram e desempenham um papel importante na melhoria da qualidade do ar. (Crédito: Pinterest) 

PLANTAS E UMIDIFICADORES DE AR 

Além de decorativas, as plantas também desempenham um papel importante na melhoria da qualidade do ar e na manutenção do ambiente fresco. Espécies como Espada-de-São-Jorge, Jibóia, Antúrio, Samambaia, Filodendro e Lírio-da-Paz são excelentes opções para purificar o ar e criar uma atmosfera mais agradável. Além disso, o uso de um umidificador de ar pode ajudar a manter a umidade do ambiente em níveis adequados, especialmente em dias muito secos. 

Segundo a arquiteta Giulia Soares Falvo, adotar estratégias simples e seguir todas essas dicas irá permitir uma boa ventilação e ambientes mais agradáveis, além de fazer toda a diferença para manter seu apartamento mais arejado durante o verão.  

Em dias com altas temperaturas, nada melhor do que se refrescar na piscina do condomínio. (Crédito: Grupo ADN)  

PISCINA NO CONDOMÍNIO 

Além de seguir todas as dicas para deixar o apartamento mais fresco, em dias com altas temperaturas, nada melhor do que se refrescar na piscina do condomínio, além de aliviar o incômodo do calor, se exercitar na água ajuda a relaxar, pois alivia dores musculares e reduz a tensão na coluna. 

Um aspecto importante ao escolher um apartamento para morar é optar por empreendimentos que tenham o conceito de condomínio-clube, que é o caso dos apartamentos do Grupo ADN que oferecem diversos itens de lazer, inclusive uma área de piscina completa. 

 

Leia Também

Últimas Notícias