Menu
domingo, 13 de junho de 2021
Esportes

Tom quer escrever um livro “com final feliz”

Goleiro quer conquistar o acesso a Série A3 e escrever páginas que tragam alegria para os torcedores

11 Set 2015 - 09h24
Tom não quer suspense ou terror. "Quero um final feliz". Foto: Marcos Escrivani - Tom não quer suspense ou terror. "Quero um final feliz". Foto: Marcos Escrivani -

O Campeonato Paulista da Série B está em sua reta final e faltam sete rodadas para o encerramento da segunda fase. Hoje o São Carlos lidera o grupo 5 com 9 pontos. Após três vitórias, mantém 100% de aproveitamento e domingo, 13, às 10h, no estádio municipal Espanha, tem mais uma decisão, quando enfrenta o Jabaquara, que está em situação delicada, com apenas 2 pontos e na antepenúltima colocação.

O goleiro Tom, um dos principais responsáveis pela classificação do São Carlos a segunda fase e a consequente boa campanha na reta final afirmou que poderia transformar a temporada do time em um livro, classificando os jogos como capítulos. "Falta algumas páginas para concluir esta ficção, mas tenho certeza que o final será feliz".

"SEM TERROR"

Suspense fora de cogitação. Enredo policial causa trama. Terror, nem pensar. As páginas finais têm que ser "suave". "Com muita alegria, os mocinhos (no caso, nós - leia-se São Carlos) tem que vencer e os bandidos (adversários) pagar pelo crime cometido (as derrotas)". Este é o último capítulo do livro que Tom está escrevendo.

Mas para que as próximas páginas não causem pânico nos leitores/torcedores, o goleiro garante que o time está se preparando adequadamente. "Entramos mais focados nessa segunda fase, e começar vencendo fora de casa nos deu um ânimo a mais para a sequência da competição. Portanto a atenção está redobrada em todos os jogos", afirmou.

NO LITORAL

Um capítulo com um céu azul, águas límpidas e uma praia sem poluição. Esta é a expectativa de Tom para o próximo desafio da Águia, que será no litoral. A equipe desce a serra para encarar o Jabaquara em Santos. Ele quer voltar com a vitória para casa.

O único senão é o fato do estádio Espanha ser acanhado e o gramado de má qualidade. Até aqui Tom não sofreu gols na segunda fase (o São Carlos venceu suas três partidas por 2 a 0) e o goleiro quer manter a invencibilidade.

"Creio que vai ser um jogo de detalhes. O campo pode estar ruim, mas ruim para os dois times, Vamos tentar aplicar nosso estilo de jogo e tentar trazer 3 pontos para São Carlos. Mas temos que estar atentos, pois em um gramado ruim a bola fica mais rápida, mais 'viva' e não podemos vacilar. Vamos nos comportar como se fosse uma decisão. Na verdade vai ser uma decisão. Por isso vamos trabalhar a bola e esperar a melhor chance", finalizou Tom.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias