quinta, 29 de fevereiro de 2024
Futsal feminino

Sob o comando de Aninha Bianconi, ASF São Carlos terá agenda cheia em 2024

Técnica irá comandar as equipes sub20 e profissional; base também estará em ação na temporada

01 Fev 2024 - 08h31Por Marcos Escrivani
Um dos títulos conquistados pelo futsal feminino em 2023: ASF quer repetir a dose em 2024 - Crédito: DivulgaçãoUm dos títulos conquistados pelo futsal feminino em 2023: ASF quer repetir a dose em 2024 - Crédito: Divulgação

A temporada 2024 promete ser intensa para as equipes de futsal feminino ASF São Carlos. De acordo com o calendário já definido, estarão em ação o time profissional, bem como representantes da base (das categorias sub11 a sub20), sendo que as atletas são formadas nas escolinhas sociais da Secretaria Municipal de Esportes e Cultura (Smec).

Em substituição a Fabiano Lourenço, este ano a técnica responsável pela equipe profissional será Ana Cláudia Bianconi, que irá acumular ainda o cargo no sub20. Já Júlia Castro responderá pelos times sub15 e sub17 e as treinadoras Ieda Fernanda Alvarez e Vanessa Farias da Silva, pelo sub11 e sub13.

Em entrevista ao São Carlos Agora, Aninha Bianconi revelou que as equipes são-carlenses estarão presentes em sete competições. Segundo ela, na Copa Paulista, Campeonato Paulista, Liga Paulista, Jogos Regionais, Jogos Abertos, além da Copa Record. A base (sub11 a sub20) jogam a Copa Paulista, Liga Paulista e Jogos da Juventude.

De acordo com a técnica, a ASF é a equipe de maior representatividade nos campeonatos da Liga Paulista, sendo a única com participação em seis categorias, cada qual treinando em um horário específico, sendo que as atividades são abertas para as categorias de sub11 a sub17 e a ASF atende crianças a partir dos 7 anos. “No ano passado foram aproximadamente 140 jogos ao longo da temporada, somadas todas as categorias (sub11, sub13, sub15, sub17, sub20 e profissional)”, disse.

A esportista destacou ainda que em 2023, a ASF marcou presença no Campeonato Paulista organizado pela Federação Paulista de Futsal. “Com muito orgulho alcançamos a terceira colocação. Aliás 2023 foi um ano muito produtivo para ASF: no primeiro semestre nosso sub17 foi vice-campeão da Copa Paulista; em julho, a equipe profissional foi campeã dos Jogos Regionais; no segundo semestre a equipe sub20 foi vice-campeã da Liga Paulista. A equipe profissional ficou em quarto lugar nos Jogos Abertos e fechou o ano com a terceira colocação no Campeonato Paulista”.

Na temporada

Sobre 2024, Aninha disse que os processos estão acelerados e na próxima segunda-feira, 5, acontece a apresentação da equipe profissional, sendo que as atletas que residem em outros domicílios, se preparam para retornar a São Carlos neste final de semana, enquanto as da cidade já aguardam o retorno aos treinos.

“De qualquer forma, a preparação física e trabalho preventivo de lesões, que foram elaborados pela nossa preparadora física Loren Mituse Nakamura e fisioterapeuta Ana Luísa Granado, já começaram há semanas. É importante que as atletas cheguem preparadas para a pré-temporada e não comecem do zero. Conseguimos manter um elenco “top” e almejamos bons resultados, pretendemos estar entre as melhores equipes do estado em todas as competições. No ano passado, era pretensão do Fabiano e toda comissão medir forças com as grandes equipes que disputam o Campeonato Paulista, competição que dá acesso as duas primeiras colocadas às competições nacionais e ficamos em terceiro lugar e isso é uma motivação muito grande. No entanto, sabemos que não será fácil, porque há clubes muito bem estruturados, adversárias qualificadas e muito competitivas, mas com muita humildade e trabalho vamos buscar chegar”, comentou.

De acordo com ela, já o time sub20 segue o embalo do profissional e também retorna aos trabalhos na segunda-feira e neste ano deve participar do Campeonato Paulista. “Já as nossas categorias de base iniciam logo após o Carnaval, já que na semana que vem estaremos alinhando os trabalhos as novas professoras que assumirão essas categorias”, ponderou.

Por fim, Aninha Bianconi reforçou que todo o trabalho realizado pela ASF deve-se ao apoio da Prefeitura Municipal de São Carlos, através da Smec. “Mas, além disso, buscamos sempre apoiadores e parceiros e hoje temos uma universidade e empresas que nos incentivam, dando suporte importante para que possamos representar dignamente nossa cidade”, finalizou a técnica.

Leia Também

Últimas Notícias