quarta, 29 de maio de 2024
Esportes

São-carlenses enfrentarão desafio “Mizuno Uphill Marathon”

Corajosos e com o esporte pulsando nas veias, Elder Fragalle e Igor Nicolau aceitaram o desafio

01 Ago 2015 - 17h52Por Redação
Mizuno Uphill Marathon: 42km de subida extremamente íngremes em um cenário de tirar o fôlego. Foto: Divulgação - Mizuno Uphill Marathon: 42km de subida extremamente íngremes em um cenário de tirar o fôlego. Foto: Divulgação -

Correr uma maratona já é para muitos atletas, um grande desafio. São 42 km que requerem treinamento, dedicação e um excelente preparo mental. Já correr uma maratona de subida, é para poucos.

Desde 2013, a Serra do Rio Rastro, em Santa Catarina, recebe o maior desafio brasileiro de corrida em montanha - a "Mizuno Uphill Marathon"- são 42km de subida extremamente íngremes em um cenário de tirar o fôlego.

Corajosos e com o esporte pulsando nas veias, Elder Fragalle e Igor Nicolau aceitaram o desafio e vão encarar a prova que acontece neste sábado, dia 1º de agosto. Considerados "loucos" por alguns amigos do esporte, os atletas se prepararam fisicamente com volumes crescentes de corrida e treinos de longa distância, aos finais de semana, sob a supervisão do treinador Raphael Menezes.

Experiente em maratonas e com passagem pela São Silvestre em seu currículo, Elder Fragalle aponta que o maior desafio desta maratona, bem como de qualquer outra, é estar bem psicologicamente e focar em vencer a si mesmo, superando seus medos e limites. "Toda maratona é muito desgastante, exige um esforço físico enorme, mas para você terminá-la, tem que treinar muito mais a cabeça do que o corpo. No ápice da prova, próximo dos 30km, a mente começa a indagar: Por que eu não escolhi algo mais fácil, ou optei por meia maratona? Mas isso é normal!".

Elder disse que todos são capazes, basta ter uma meta, foco nos treinamentos e disciplina, como em quaisquer objetivos que queremos alcançar na vida. "O segredo é pensar positivamente, mentalizar o quanto você treinou para chegar até ali e que seu sacrifício e treinamento vai lhe render frutos naquele momento - é até por esse motivo que os atletas nunca treinam os 42km, deixamos para correr isso no dia da prova, para 'quebrarmos nosso próprio recorde', explica".

Com otimismo e sem demonstrar hesitação, Igor reforça as palavras do companheiro de corrida "Quando estamos em qualquer disputa, o segredo do sucesso é lembrar de toda a dedicação e treinos que fizeram com que você chegasse até ali. Estamos preparados e focados na vitória que é superar nossos limites e conseguir completar o trajeto", finaliza.

Leia Também

Últimas Notícias