sábado, 13 de abril de 2024
Para as “crianças” de todas as idades

Projeto Social “Veteranos” ganha corpo e agita esportistas na Fesc

As atividades são gratuitas e programa reúne mais de 50 pessoas com as mais variadas idades

29 Fev 2024 - 09h17Por Marcos Escrivani
“Veteranos” conta hoje com mais de 50 atletas, sendo que o mais novo possui 13 anos - Crédito: Divulgação“Veteranos” conta hoje com mais de 50 atletas, sendo que o mais novo possui 13 anos - Crédito: Divulgação

A quadra de esportes da Fundação Educacional São Carlos (Fesc) tem disso um “ponto de encontro” para os simpatizantes do basquete. Um projeto social reúne os apaixonados pela modalidade esportiva e diante da aceitação, criou-se um projeto que conta hoje com a parceria da Fesc que cede a praça esportiva para as atividades periódicas.

Criado há dois anos, o Projeto Social "Veteranos" ganha força e chama a atenção daqueles que buscam praticar uma atividade esportiva sadia. A iniciativa é pública e social e não recebe ajuda de entidades ou até mesmo da Prefeitura Municipal. “Encontramos dificuldades e elas aumentam muito devido falta de equipamentos”, disse Leonardo Lopes, um dos idealizadores.

De acordo com ele, o “Veteranos” conta hoje com mais de 50 atletas, sendo que o mais novo possui 13 anos. “Porém, o que motiva mais é que não há idade limite. Temos jogadores acima de 60 anos”, lembrou, salientando que há pedidos de entrada para o projeto, que é recreativo para aprendizado sobre o basquete. “Nosso objetivo é apenas ensinar os fundamentos da modalidade e contamos com a ajuda de professores de Educação Física e Fisioterapeuta, que apoiam com seus serviços gratuitamente”, explicou. “No futuro, sonhamos em entrar em competições oficiais. Mas para isso, precisamos crescer e contar com apoio de parceiros”, ressaltou Leonardo. “Vale reforçar que esse projeto é social e autônomo”, frisou, salientando que já chegou a ser jogador profissional.

Hoje, com 30 anos, Leonardo afirmou que começou a jogar basquete com 6 anos em um projeto similar ao que criou e salientou que sua meta agora é tentar ajudar aqueles que sonham em ser um jogador. “Tenho a vontade de ajudar aquele que não pode pagar ou que quer realmente aprender. Criei esse projeto totalmente gratuito para aqueles que curtem o basquete. Não é somente jogador. Criamos uma família, pois é algo entre amigos e cada vez mais criamos amigos”, finalizou.

Os treinos acontecem de segunda-feira e quinta-feira a partir das 19h. Aos sábados, a partir das 17h. Informações podem ser obtidas no instagran @veteranos.basqueteraiz.

Leia Também

Últimas Notícias