Menu
terça, 21 de setembro de 2021
Esportes

Paola Fragalle, são-carlense, brilha no vôlei e tem sonhos ambiciosos

Com apenas 17 anos, jogadora defende atualmente o ADC Bradesco e projeto é ser, inicialmente, atleta profissional

16 Out 2017 - 16h04
Foto: Wesley Mattos - Foto: Wesley Mattos -

A são-carlense Paola Cury Fragalle, 17 anos, 1,74 metro de altura, ponteiro passadora e líbero, é um dos talentos que o esporte são-carlense criou.

Há três anos deixou São Carlos e passou por diversos clubes brasileiros em busca do seu sonho que é, inicialmente, tornar-se uma atleta profissional. Posteriormente buscar uma vaga na seleção brasileira e buscar a meta principal de um atleta, que é disputar um Jogos Olímpicos.

Paola Fragalle é uma dedicada atleta e hoje defende o ADC Bradesco, uma das melhores equipes do Brasil de vôlei, onde treina com a sua categoria (sub19) e uma superior (a sub21), além de ter contato com jogadoras da seleção brasileira das categorias de base.

A são-carlense foi entrevistada pelo São Carlos Agora e não escondeu sua satisfação em buscar tornar realidade o seu sonho. Bem como contar detalhes do seu dia a dia e um pouco de sua carreira como atleta.

Paola está no 2º ano do Ensino Médio, no Colégio Escopo, em Osasco. Mora no alojamento do Bradesco que também é uma das melhores estruturas do país.

"Esse ano fui escolhida para representar Minas Gerias (não representei São Paulo pois minha primeira Federação foi em Uberlândia/MG, então fico vinculada a Minas nesta temporada) no Campeonato Brasileiro de Seleções, onde cada estado leva as 12 melhores atletas que possuem para serem representados. Foi uma experiência incrível, onde tive novas experiências e aprendizados", disse a são-carlense.

A ponteiro passadora e líbero disse ainda que seu maior sonho é ser atleta profissional e faz isso com toda força para que se concretize. "Me considero competente por estar em uma das melhores equipes do Brasil e estou sempre aberta para aprender mais e treinar muito, pois é isso que me coloca no caminho da excelência", observou.

COMO TUDO COMEÇOU

Paola começou a jogar com 8 anos no São Carlos Clube (2008 a 2012), Sesi São Carlos (2012) e Prefeitura de São Carlos (2013 e 2014). Em 2015 transferiu-se para o Praia Clube Uberlândia e posteriormente para o Volei+ Araraquara (2016), Nosso Clube de Limeira (2016) e agora ADC Bradesco (2017).

"Em 2015 fui escolhida entre 80 meninas para participar da equipe do Praia Clube em Uberlândia. Lá pude participar de muitos torneios, tive contato com outras equipes e com as profissionais da Superliga. Foi onde aprendi muito tecnicamente, evolui bastante", lembrou.

MAIS RESPONSABILIDADES

Com apenas 14 anos, em busca do seu sonho, deixou o lar dos seus pais em São Carlos para morar sozinha. Desde então passou a ter mais responsabilidades ao encarar o mundo.

"Aprendi muita coisa rapidamente, pois tinha que me virar sozinha. Aprendi a lavar, cozinhar, cuidar das coisas e do dinheiro. Responsabilidade, estudos, horários. Como sempre fui muito organizada e responsável tive mais facilidade. Também com o suporte dos meus pais foi tudo mais fácil de se lidar. Junto com isso tive suporte do Coaching e a Inteligência Emocional", afirmou.

A atleta são-carlense informou ainda que, para ir ao alto nível teve que fazer muitas escolhas e principalmente renúncias e entre elas a distância da família. "Então tive muitos momentos de tristeza, querer voltar e o apoio dos meus pais foi essencial para eu decidir que queria ficar morando fora naquele momento e buscando meu sonho, pois sempre que precisei estiveram ao meu lado", finalizou

PRINCIPAIS CONQUISTAS DE PAOLA

Tricampeã (2013, 2014, 2016) da APV e eleita 2 vezes consecutivas atleta destaque (2014 ,2016).

Campeã estadual JEMG (Jogos Escolares de Minas Gerais) (2015).

Campeã metropolitana sub18 em Belo Horizonte (2015).

- 4º lugar Estadual Mineiro sub16 (2015).

- Campeã Estadual Mineiro sub18 (2015).

- Vice Campeã Brasileira Escolar (2015).

- 4º lugar Jogos Abertos da Juventude São Paulo (2016).

- 3º jugar Copa São Paulo (2016).

- Vice-campeã Liga de Campinas (2016).

- Vice-campeã Torneio Início sub21 (2017).

- 4º lugar Campeonato Brasileiro de Seleções sub19 (2017).

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias