Menu
domingo, 17 de outubro de 2021
Esportes

Natação: Um ouro faz bem; Luana Murad que o diga

Atleta da LCN/Aquário Fitness prova que determinação e entrega são necessários para atingir um sonho

30 Set 2017 - 16h29
Foto: Marcos Escrivani - Foto: Marcos Escrivani -

Uma mistura de paixão pela natação e a dedicação aos treinos resultaram em uma sonhada medalha de ouro. E ela veio em uma competição regional na manhã de sábado, 2, durante etapa do Torneio Regional Pré-Mirim a Senior, promovido pela Delegacia da 5ª Região da Federação Aquática Paulista (FAP), realizada na Academia Cárdio-Físico, em Jaboticabal.

Foi como se saísse um peso das costas de Luana Murad Pádua e, paralelamente, um sonho alcançado desta nadadora de 13 anos e que compete pela categoria Infantil I, representando a LCN/Aquário Fitness, que tem a parceria da Fundação Educacional São Carlos (Fesc) e Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel).

Luana iniciou a natação competitiva em 2017 e disputou quatro etapas de torneios regionais e acumula duas medalhas de bronze nos 50m livre e agora a de ouro nos 50m peito. "Nossa, é uma sensação muito boa. É um incentivo a mais para que eu continue a me empenhar", disse a jovem nadadora que tem o incentivo dos pais (Luciana e Rodrigo). Natural de Brasília/DF, mudou-se para São Carlos onde voltou a nadar após três anos inativa. "Disputa torneios escolares em Brasília e comecei a nadar ainda bebê. Mas parei por três anos e senti saudades de estar na piscina dando minhas braçadas. Voltei a nadar em São Carlos e recebi convite para integrar a equipe de competição. Adorei. É a primeira vez que treino em alto rendimento e me sinto bem. Amo nadar, me sinto feliz dentro d'água e sei que adquiro saúde praticando a natação", afirmou a consciente nadadora.

GOSTO DE "QUERO MAIS"

A medalha de ouro caiu como uma luva nas pretensões de Luana que deixou transparecer que quer muito mais. "A medalha de ouro me deu uma sensação muito boa. Mostra que estou em evolução. Então o negócio agora é cair na água e buscar a cada treino, a minha superação", ponderou.

O otimismo da brasiliense é tanto que garantiu buscar algo mais nos próximos anos. "Sei que tenho metas escolares, pretendo estudar e profissionalizar-me. Mas tenho sonhos na natação também e após o ouro em torneios regionais, que pensar na Copa São Paulo para nadadores vinculados a médio prazo e mais para frente me esforçar para tentar federar-me e quem sabe, disputar inicialmente um campeonato paulista. A gente vive a realidade, mas os sonhos fazem parte também. Então, vou lutar para que ele se torne realidade a longo prazo", finalizou a esperançosa nadadora.

SEM SURPRESA

O técnico Mitcho Bianchi indagado sobre a conquista de Luana Murad mostrou serenidade e garante que o ouro não foi surpresa, afirmando que a evolução de sua nadadora foi incrível na temporada 2017.

"Ela teve a oportunidade de treinar pela primeira vez em alto rendimento. No começo não tinha condição física ideal. Mas com os treinos diários, aprendeu o que é ser competitiva. Hoje tem técnica e um condicionamento invejável e diante de tamanha evolução, a medalha de ouro não é surpresa. Nas primeiras provas ficava em 17º, 18º lugar e após treinos fortes e intensos, passou a brigar por pódio. E agora a medalha de ouro, traz motivação e a busca por resultados melhores aumenta. E o gosto da medalha aguça a ambição do atleta", finalizou o treinador da LCN/Aquário Fitness.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias