Menu
quarta, 16 de junho de 2021
Esportes

Na derrota do Inter, Pinho relembra passagens por São Carlos

24 Mai 2015 - 19h52Por Marcos Escrivani
Marcos Escrivani - Marcos Escrivani -

O experiente técnico Pinho, hoje comandante do Internacional, retornou para Bebedouro com um gosto amargo na bagagem. Afinal, sob sua orientação, a equipe enfrentou o São Carlos na manhã de domingo, 24, no estádio municipal Professor Luís Augusto de Oliveira e conheceu mais uma derrota no Campeonato Paulista da Série B. Com gols de Gregory e Willian Dias, a Águia venceu por 2 a 0.

Apesar do revés, Pinho, com seus cabelos brancos, antes da partida percorreu todo o gramado do Luisão. Com um boné e pensativo, lembrou os momentos que passou por São Carlos. Na época como técnico do extinto Grêmio Esportivo São-carlense.

"Fui seis vezes técnico", lembra. "A primeira vez em 1984. Guardo boas recordações da cidade, onde recebi homenagens duas vezes. Eu e toda minha família" diz, saudoso.

Pinho garante que guarda boas recordações de São Carlos e que considera a cidade como sua segunda casa. "Só tenho elogios. Aqui fiz amigos".

Sobre um possível retorno, o experiente técnico não pensou duas vezes. "Venho correndo. Adoro o ambiente de São Carlos e sei que serei muito bem recebido. Quero trabalhar por mais uma década e quem sabe nestes 10 anos que me restam posso ter a chance de dirigir o São Carlos", afirmou.

 

TÉCNICO VITORIOSO

Pinho está há 53 anos no futebol profissional (dos quais 15 como atleta). Neste período dirigiu equipes nas Séries A2 e A3 do futebol paulista.

Mas é na Série B que o treinador faz história. Por sete temporadas comandou equipes na quarta divisão e em seis oportunidades conquistou o título.

As duas últimas conquistas foram sob o comando do Cotia e Barretos. "Acredito que por onde passei, deixei um legado positivo", finalizou.

 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias