quinta, 29 de fevereiro de 2024
No sufoco

Jesus salva o Grêmio São-carlense em Taquaritinga

Após estar perdendo por 2 a 0 e mesmo com um jogador a menos, Lobo da Central foi buscar o empate

07 Fev 2024 - 16h57Por Marcos Escrivani
Grêmio pecou nas finalizações em um jogo que foi superior em Taquaritinga - Crédito: Fernando Zanderin JúniorGrêmio pecou nas finalizações em um jogo que foi superior em Taquaritinga - Crédito: Fernando Zanderin Júnior

Nos 15 minutos finais, o Grêmio jogou com um atleta a menos, devido a expulsão do zagueiro João Victor. Mesmo assim foi superior tecnicamente ao Taquaritinga e conseguiu o empate aos 45 minutos do segundo tempo no Campeonato Paulista da Série A4 na tarde desta quarta-feira, 7, no estádio municipal Adail Nunes da Silva, o Taquarão. Jesus, de pênalti, marcou o gol salvador.

Com gols de Adson e Lucas, ambos no primeiro tempo, o Leão empatou com o Lobo em 2 a 2 e as duas equipes foram a sete pontos. Eduardo Jaconi e Jesus marcaram os gols gremistas.

Na partida válida pela terceira rodada da fase de classificação, o Grêmio foi superior durante os 90 minutos. Criou inúmeras chances para marcar, mas os atletas do técnico Leandro Mehlich foram incompetentes nas finalizações. O Grêmio lidera momentaneamente o campeonato por ter melhor saldo de gols.

Dois ataques, dois gols

Se o Grêmio não aproveitou as chances para marcar, o Taquaritinga foi o “outro lado da moeda”. O Leão teve duas chances de gol no primeiro tempo e teve 100% de aproveitamento, com a vitória parcial por 2 a 0.

Na etapa inicial, o Grêmio começou mandando no jogo e criou duas excelentes chances, porém desperdiçadas. Mas, no primeiro ataque do CAT, em uma falha da zaga são-carlense, Lucas levou a marcação de três defensores e fez com que Adson aparecesse livre, cara a cara com Gustavo Belli. Ao receber a assistência, tocou sem chances para o goleiro, aos 11 minutos.

O Lobo não sentiu o gol e continuou no ataque. Teve chances para empatar, mas não acertava a meta de Matheus Saldanha e aos 34 minutos foi castigado. Em um rápido ataque, Lucas foi lançado, ganhou de Alê na corrida e chutou forte, sem chances para o goleiro gremista. No segundo ataque do CAT, 2 a 0.

Após este gol, os jogadores gremistas sentiram. Mantiveram a posse de bola, mas não conseguiram até o final da etapa inicial, criar novas chances para tentar diminuir o prejuízo.

Na etapa final, o Grêmio começou pressionando e o CAT optou por se defender e por ter a vantagem no placar, praticou o anti-jogo com a complacência do árbitro Wilson Adalberto Silva, que pouco fez para coibir a ‘cera’ do time caseiro.

Mesmo com as adversidades, o Lobo da Paulista procurou jogar bola e perdeu uma chance incrível com Diego que chutou sem goleiro, mas a zaga salvou. Mas aos 20 minutos, de tanto insistir, Eduardo Jaconi diminuiu, fazendo 2 a 1 e dando nova esperança para o time são-carlense.

Mas aos 31 minutos, a situação se complicou para o Grêmio. Em um ataque do CAT, o zagueiro João Victor cometeu falta e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso de campo.

A partir daí o Lobo passou a jogar com dez atletas e viu a busca pelo empate se tornar ainda mais difícil. Mas conseguiu o gol salvador e por ironia do destino, feito por Jesus, de pênalti, aos 45 minutos da etapa final.

Leia Também

Últimas Notícias