quarta, 29 de maio de 2024
Esportes

Invicto na Copa Pré-Jerab, Objetivo/Castelo Plaza pega o Fenix

Equipe de vôlei feminino master busca nova vitória para buscar vaga na semifinal da competição

11 Set 2015 - 09h12
Equipe são-carlense está invicto na competição de Ribeirão Preto. Foto: Divulgação - Equipe são-carlense está invicto na competição de Ribeirão Preto. Foto: Divulgação -

Chegou o momento decisivo na Copa Pré-Jerab de vôlei feminino, quando serão conhecidas as equipes que irão se classificar para o quadrangular final da competição que acontece na AABB de Ribeirão Preto. Invicto, o Objetivo/Castelo Plaza, que representa São Carlos vai encarar o Fênix, de Sertãozinho, a partir das 16h.

O time orientado pelo técnico Zé Sérgio terminou a fase de classificação em primeiro lugar em seu grupo sem perder um set sequer. Mas a partir de agora a competição passa a ser eliminatória.

Portanto, o treinador alertou para que suas atletas estejam mais focadas e concentradas no compromisso que promete ser tenso. "Quem perder estará eliminado", disse.

Contra o Fênix, ele quer atenção de sua equipe, pois admite que a equipe é perigosa. "Vimos o adversário jogar. É uma equipe boa, mas teoricamente hoje estamos bem preparados, mas tudo pode acontecer. Então temos que respeitar o adversário e ter muita concentração para buscar a vitória", afirmou.

"Eu acredito que nossa equipe é muito respeitada no torneio e todos os adversários ficam preocupados para nos enfrentar e com isso aumenta a nossa responsabilidade porque todos entram focados e querendo ganhar. Isso torna a partida mais difícil, mas temos que estar preparados e treinados para vencer as dificuldades e colocar sempre o nosso ritmo de jogo e concentração total em quadra".

PSICO

Para Zé Sérgio a fase decisiva envolve não só as atividades físicas. O treinador garantiu que trabalha o lado emocional para que todo o grupo esteja preparado da melhor maneira possível e possa vencer o jogo nos momentos decisivos.

"Todo jogo preparo a equipe psicologicamente, passando para elas que cada jogo é diferente e sempre temos que colocar em quadra o que treinamos. Todos os fundamentos têm que ser executados com qualidade e junto o entrosamento da equipe. Com isso conseguimos colocar um ritmo forte sobre o adversário. Por isso não acredito em jogo nervoso. A nossa equipe é experiente e esté acostumada a jogos difíceis. Só não podemos deixar o adversário crescer no jogo para que não haja pressão na partida", finalizou.

Leia Também

Últimas Notícias