sábado, 25 de maio de 2024
Esportes

Hocevar, Lopes e Santos buscam vaga na final do quali em Campinas

Atletas do CFR entram em quadra; Luis Britto está na última rodada do quali no ITF de Cochabamba

20 Set 2015 - 05h17Por Redação
Ricardo Hocevar abre a rodada da quadra central, às 10h30, contra o peruano Sergio Galdos. João Pires/FotoJump - Ricardo Hocevar abre a rodada da quadra central, às 10h30, contra o peruano Sergio Galdos. João Pires/FotoJump -

Tiago Lopes, Ricardo Hocevar e Nicolas Santos entram em quadra neste domingo em busca de uma vaga na final do qualifying do Challenger de Campinas, que distribui US$ 50 mil em prêmios, com hospedagem, realizado em quadras de saibro. Caio Zampieri e Fernando Romboli já conheceram seus adversários de estreia da chave principal na Hípica de Campinas. Os tenistas fazem parte do Centro de Formação e Rendimento, CFR, comandado por Elson Longo, em São Paulo.

Cabeças de chave 2 e 3 do quali, Tiago Lopes e Ricardo Hocevar já saíram direto na segunda rodada com um bye.

Ricardo Hocevar abre a rodada da quadra central, às 10h30, contra o peruano Sergio Galdos. "Já estou adaptado, treinei dois períodos aqui em Campinas, mas o primeiro jogo será um jogo difícil contra um tenista experiente. Mas, espero jogar bem e ir avançando no torneio", disse Hocevar.

Após o jogo de Hocevar, o paulista Tiago Lopes enfrenta o convidado da organização Gabriel Decamps, de apenas 16 anos. "Jogo contra o Decamps que treina com o William Kyriakos. Uma coincidência é que eu também já treinei com ele, dos 12 aos 16 anos, gosto muito do William. O Decamps está jogando muito bem, é um de umas das promessas da nova geração. Ele bate bem na bola e é muito alto, então acho que tem tudo para ser um jogo bom. Vou entrar amanhã (domingo) na quadra, tentar me impor e jogar o meu melhor. Também vou tentar usar a minha experiência, que é algo que realmente pode me ajudar. Venho jogando bem depois da gira da Europa que fiz de seis semanas e tem tudo para ser uma grande semana aqui Campinas", disse Lopes.

Neste sábado, após uma batalha de 2h07min, Nicolas Santos derrotou Asdrubal Gobernate, por 4/6, 6/2 e 6/4 na primeira rodada do quali. "Comecei o primeiro set sem conseguir encaixar a devolução, mas no 2º set dei um passo para trás e então comecei a acertar as devoluções e consegui virar o jogo", explicou Nicolas que na próxima rodada enfrenta Bruno Sant'Anna. "Eu o conheço há bastante tempo, mas estou preparado para o jogo. Acho que essas vitórias difíceis me dão confiança extra, espero jogar o melhor", analisou o tenista do CFR. O duelo, que fecha a programação da quadra central, marca o desempate entre os tenistas com três vitórias para cada lado.

Fernando Romboli e Caio Zampieri  já sabem contra quem estreiam na chave principal do Challenger de Campinas. Romboli enfrenta Marcelo Zormann e Zampieri encara Carlos Eduardo Severino, nesta segunda ou terça-feira.

Caio Silva caiu na estreia contra Oscar Gutierrez, por 4/6, 6/3 e 6/4 em Campinas.

A equipe do CFR está em Campinas sob a supervisão de Guilherme Lucente.

Luis Britto busca vaga na chave no Future da Bolívia

Na Bolívia, o jogador do CFR, Luis Britto, está na última rodada do quali do ITF Future de US$ 10 mil de Cochabamba, realizado em quadras de saibro. Na primeira rodada, Luiz Britto venceu o boliviano Gonzalo Apaza, 6/4 e 6/2 e na sequência derrotou Alejo Michaux, por duplo 6/0. Em busca de uma vaga na chave principal, ele enfrenta nesta segunda-feira Mauricio Cassimiro.

Os outros tenistas do CFR não avançaram no quali. Rodrigo Perdigão foi superado o argentino Alejandro Orihuela, por 6/2, 3/6 e 6/1.

Victor Bertoldo foi derrotado pelo mexicano Andres Cerdan, por 6/3 e 6/2, Gabriel Torres perdeu para o boliviano Alejandro Dourado, por 7/6, 4/1 e desistência. Gabriel Tumasonis foi superado pelo argentino Facundo Alvo, por 6/3 e 7/6 (6).

O treinador Felipe Porto acompanha a equipe do CFR na Bolívia.

Leia Também

Últimas Notícias