Menu
quarta, 03 de março de 2021
Esportes

Flexível, mas determinado, Tite é apresentado na Seleção Brasileira

21 Jun 2016 - 06h07Por Redação
Foto: Lucas Figueiredo/MoWA Press - Foto: Lucas Figueiredo/MoWA Press -

Transparência, excelência e modernidade são as palavras de ordem de Tite na Seleção Brasileira. O novo técnico foi apresentado nesta segunda-feira, 20, a partir das 17h. O treinador falou para a imprensa em entrevista coletiva e mostrou como trabalhará para levar o time nacional para a Copa do Mundo na Rússia, em 2018.

Sobre sua filosofia, Tite foi decidido quanto a forma que pretende agir frente à seleção nacional. "Essa é a melhor maneira que tenho de colocar em vigor o que acredito e minha maior contribuição. Transparência, excelência e modernidade, é a forma que penso e vou trazer a Seleção. Sou um técnico em formação e vai um tijolinho a cada dia. Aprendo com os meus erros e não tenho problema em melhorar", afirmou.

Para justificar sua ida à Seleção, Tite contou que contava com isso para finalizar sua carreira como técnico de futebol. "O ideal não acontece, a vida é assim, ela tem o tempo certo para as coisas acontecerem. Entendi que tinha que aceitar o convite da CBF porque era um objetivo pessoal. Queria que fizesse parte da minha carreira comandar a Seleção Brasileira. Aprendi muito no Corinthians para chegar nesse momento e tive a coragem de assumir isso em um momento tão importante", declarou.

O novo técnico da Seleção Brasileira mostrou jogo de cintura para de integrar ao trabalho e contou que irá para os Estados Unidos assistir ao jogo da Colômbia na Copa América, um dos adversários do Brasil nas Eliminatórias. "Vou ter que me reinventar como técnico para me adaptar a novas situações. Amanhã viajaremos para assistir ao jogo da Colômbia, porque quero assistir ao vivo", disse.

Focado na classificação para o mundial de 2018, Tite mostrou vontade de trabalhar em conjunto com quem já fazia parte do projeto. "A prioridade é a Seleção Brasileira e o desenvolvimento de um trabalho para conseguir o que queremos, que é a classificação para a Copa do Mundo de 2018. Temos dois jogos importantes e é neles que estou pensando. Vou me adaptar às pessoas que já estão aqui há um ano e meio e meu respeito vai todo para essa equipe", ressaltou.

Questionado sobre Neymar, principal jogador de sua equipe, Tite focou no bem geral do grupo canarinho. "Todos, inclusive o Neymar, querem o bem da Seleção. Cabe a todos nós encontrar o melhor caminho e eu começo a trabalhar agora para potencializá-lo", finalizou o comandante.

Com seis jogos disputados, o Brasil está na sexta colocação nas Eliminatórias para 2018. Com nove pontos, o time de Tite tem pela frente mais dois jogos neste ano. No dia 2 de setembro, a Seleção Brasileira enfrentará o Equador, fora de casa e, quatro dias depois, fará um confronto com a Colômbia, em seus domínios. (futebolpaulista.com.br)

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias