segunda, 20 de maio de 2024
Esportes

Em crise, Corinthians praticamente descarta Guerrero

22 Mai 2015 - 16h52
Guerrero disputa bola no jogo em que o Corinthians perdeu para o Guarani, pela Libertadores Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians - Guerrero disputa bola no jogo em que o Corinthians perdeu para o Guarani, pela Libertadores Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians -

O atacante peruano Paolo Guerrero está com um pé fora do Corinthians. De acordo com o presidente Roberto de Andrade, o clube não tem condições de arcar financeiramente com o que o atleta pede para renovar. Não foi revelado os valores, mas o cartola garantiu que está difícil chegar a um acordo.

Informações extraoficiais dá conta que Guerrero quer R$ 18 milhões para renovar. O atual contrato do peruano termina dia 15 de julho e pela renovação ele deseja receber R$ 500 mil por mês. 

Em grave crise financeira, o Corinthians busca diminuir a folha salarial, atualmente próximos aos R$ 9 milhões mensais.

Outro atacante experiente, o irreverente Emerson, já adiantou Roberto de Andrade, não terá seu contrato renovado.

Leia Também

Últimas Notícias