Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Esportes

Brasileirão: Corinthians recebe Vasco e busca reabilitação; São Paulo vai à Bahia para fugir da ‘degola’

17 Set 2017 - 08h41
Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians/Divulgação - Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians/Divulgação -

Pela 24ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, o líder Corinthians e o São Paulo entram em campo neste domingo, 17. Na Arena, o time alvinegro enfrenta o Vasco, às 16h, enquanto no mesmo horário o tricolor joga diante do Vitória, no Barradão, em um confronto direto entre equipes que lutam contra a zona de rebaixamento.

Líder isolado do Brasileirão, o Corinthians voltou a jogar pela Copa Sul-Americana no meio de semana após dois meses. Diante do seu torcedor, em Itaquera, o time alvinegro empatou em 1 a 1 com o Racing-ARG, pelas oitavas de final, placar que resultou no terceiro jogo seguido da equipe brasileira sem triunfos. Na última rodada do campeonato nacional, o time do Parque São Jorge perdeu por 2 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro, porém o tropeço não diminuiu a vantagem de sete pontos para o segundo colocado Grêmio.

Ausente nos últimos jogos por lesão, o lateral esquerdo Guilherme Arana deve retornar à equipe do técnico Fábio Carille, que não terá o volante Gabriel e o atacante Clayson, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Titular, o meia deve ser substituído por Camacho ou Paulo Roberto. Antes desfalque, o meia Marquinhos Gabriel também está à disposição.

Sem compromissos durante a semana, o Vasco retorna a campo após vencer o Grêmio por 1 a 0, em São Januário, placar que fez o time carioca pular quatro colocações e se aproximar do G-6, ficando em oitavo, com 31 pontos. Para a partida, o técnico Zé Ricardo deve promover o retorno do volante Jean, anteriormente suspenso, no meio de campo. Outra novidade deve ser a entrada do lateral direito Gilberto como volante no lugar de Escudero, conforme os últimos treinamentos da equipe.

CONFRONTO DIRETO NO Z4

Em situação delicada na competição, o São Paulo teve a semana cheia de treinamentos para iniciar uma reação e sair da zona de rebaixamento. Na 19ª colocação, com 24 pontos, o Tricolor vem de um empate por 2 a 2 contra a Ponte Preta, no Morumbi, após abrir dois gols de vantagem no placar. Com apenas uma vitória nos últimos cinco jogos, o time paulista está a três pontos do Coritiba (27), 16º e primeiro integrante fora do Z-4.

Ausente no último jogo por conta de suspensão automática, o zagueiro Arboleda retorna ao time do técnico Dorival Júnior, que por outro lado não terá o lateral esquerdo Edimar e o volante Jucilei. O primeiro está suspenso após receber o terceiro cartão amarelo e o segundo por expulsão, sendo Júnior Tavares e Gomez os prováveis respectivos substitutos.

Por outro lado, o Vitória, na 17ª colocação, com 26 pontos, joga diante do seu torcedor para sair da zona de rebaixamento. No Barradão, a equipe baiana tem apenas duas vitórias e sete derrotas em 12 jogos ao longo da competição, além de três empates, enquanto como visitante, o time são-paulino tem uma vitória, dois empates e nove derrotas.

ATLÉTICO/GO APRONTA

A Ponte Preta chegou ao terceiro jogo sem vitória e perdeu a chance de se distanciar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro na noite deste sábado ao perder para o Atlético/GO por 3 a 1 no Estádio Moisés Lucarelli pela 24ª rodada.

A Ponte Preta estacionou nos 28 pontos e está na 13ª colocação, podendo perder algumas posições no complemento da rodada. Já o Atlético/GO chegou ao terceiro jogo seguido sem derrota, mas segue na lanterna, com 22.

Mesmo jogando fora de casa, o Atlético foi responsável por criar as principais chances de gol no começo da partida. Logo aos cinco, Walter finalizou e Aranha defendeu. O goleiro voltaria a trabalhar em outras quatro oportunidades. Na melhor delas, Luiz Fernando invadiu a área e chutou em cima do camisa 1 alvinegro.

A Ponte Preta encontrava dificuldades para escapar da marcação rubronegra, tanto que sua primeira boa oportunidade aconteceu apenas aos 36 minutos. Lucca arriscou de fora da área e Marcos foi buscar, espalmando para escanteio. Aos 42 minutos, Luiz Fernando livre de marcação finalizou de primeira no canto de Aranha.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Danilo Barcelos cobrou falta, Marcos rebateu e Léo Gamalho, meio sem querer, deixou tudo igual. Na sequência, o atacante recebeu de Lucca na marca do pênalti e bateu para fora. Aos 17, Naldo desviou de cabeça e a bola tocou na trave antes de sair. Léo Gamalho por muito pouco não alcançou de carrinho.

O Atlético/GO voltou a ficar na frente do placar aos 22 minutos em sua primeira chegada no segundo tempo. Bruno Pacheco cruzou e Walter cabeceou. A bola tocou na trave antes de entrar. O empate quase saiu aos 34. Marllon desviou e Lucca bateu para grande defesa de Marcos. Nos minutos finais, a Ponte se lançou toda ao ataque.

Aos 47, Aranha foi para a área tentar o cabeceio, mas não teve sucesso. No contra-ataque, Ronaldo bateu um pouco mais para frente do meio-campo e a bola entrou, dando números finais ao jogo.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, 24, pela 25ª rodada. A Ponte Preta enfrenta a Chapecoense na Arena Condá, enquanto o Atlético/GO recebe o Cruzeiro no Olímpico Pedro Ludovico. (futebolpaulista.com.br)

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias