segunda, 22 de abril de 2024
Esportes

Brasil elimina Uruguai nos pênaltis e avança no Mundial Sub-20

O adversário das quartas de final já está definido: Portugal, que eliminou os donos da casa, a Nova Zelândia

11 Jun 2015 - 09h35Por Redação
Após 120 de 0 a 0, decisão da vaga foi definida após as penalidades máximas. Foto: Fifa/Getty Images - Após 120 de 0 a 0, decisão da vaga foi definida após as penalidades máximas. Foto: Fifa/Getty Images -

Que tensão! Melhor o jogo inteiro, a Seleção Brasileira Sub-20 ficou no 0 a 0 com o Uruguai no tempo normal e na prorrogação e a disputa da vaga foi para os pênaltis. Andreas Pereira, Lucão, Danilo, Jajá e Gabriel Jesus converteram suas cobranças. O uruguaio Amaral chutou pra fora. Melhor para o Brasil: 5 a 4 e passagem garantida à próxima fase da Copa do Mundo da Nova Zelândia. O adversário das quartas de final já está definido: Portugal, que eliminou os donos da casa.

O primeiro tempo do clássico começou frenético. Apesar de a rede não balançar, as duas equipes corriam por todo o campo e protagonizavam um belo espetáculo. De um lado, um Brasil que buscava o ataque a todo momento e dominava a posse de bola. Do outro, o Uruguai com seu estilo clássico: muita marcação e buscando apenas uma bola para marcar. Na melhor oportunidade, Marlon salvou na hora do chute do atacante uruguaio.

No intervalo, Rogério Micale repetiu os outros jogos. Voltou a campo sem alterações. Mas quando a Seleção era ainda mais superior que no primeiro tempo, já tendo chegado perto de marcar com Judivan, Boschilia e Gabriel Jesus, os uruguaios tiraram de campo um dos melhores jogadores do Brasil na partida. Com uma entrada dura, Lemos lesionou o atacante Judivan.

A entrada de Jean Carlos mudou um pouco o estilo de jogo do Brasil, mas não a dinâmica da partida. A Seleção seguiu dominando as ações do jogo e chegou muito perto de marcar. As duas melhores chances foram com o capitão Danilo. Na primeira, ele completou escanteio para fora. Na segunda, em jogada individual, chutou cruzado e acertou o travessão uruguaio.

Como a bola teimou em não entrar, a partida foi para a prorrogação. De cara, Rogério Micale pôs Andraeas Pereira no lugar de Marcos Guilherme. Na mesma toada, a Seleção seguiu ditando o ritmo. O meia do Manchester United chegou perto de marcar em quatro chutes de fora da área, um deles em cobrança de falta rasteira, mas o placar não se alterou. O 0 a 0 no placar levou a partida para os pênaltis.

Leia Também

Últimas Notícias