quinta, 29 de fevereiro de 2024
Esportes

Atletas ACDs da LCN/Aquário Fitness participam de primeiro desafio em 2017

18 Mar 2017 - 07h00
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

Nove nadadores que integram a equipe ACD (atletas com deficiência) LCN/Aquário Fitness participam do primeiro desafio de 2017: na manhã de domingo, 19, disputam de um torneio regional em Porto Ferreira. A competição é promovida pela Liga Ativa.

Estarão reunidos pela primeira vez nadadores ACDs de São Carlos, Descalvado e Porto Ferreira que irão vestir a camisa do time são-carlense na temporada e passam a defender a cidade em competições oficiais.

O técnico Mitcho Bianchi irá levar para Porto Ferreira os nadadores Elton Joaquim de Souza, José Ronaldo da Silva, André Adolfo, José Roberto Silvestre Júnior, Diego Henrique Garbuio, Gabriel Purgato, Gabriel Conrado, Reginaldo Limão e Reginaldo Erick.

"Esta competição fará com que todos os atletas façam uma interação pela primeira vez. Isso é importante para que se unam ainda mais e possam fazer da equipe uma segunda família", disse o treinador. "Particularmente irei observar os novos reforços, analisar a capacidade técnica e condição física de cada um", emendou Mitcho, salientando que a equipe irá disputar a seletiva Circuito Caixa de Natação Paralímpica que será realizada nos dias 28 e 29 de abril no Centro Olímpico de São Paulo, os Jogos Regionais e as etapas da Delegacia da 5ª Região da Federação Aquática Paulista (FAP).

ACDs e CONVENCIONAIS

O dia 25 de março será marcante para a LCN/Aquário Fitness. Será um sábado especial, já que a Recreativa, em Ribeirão Preto, recebe a segunda etapa do torneio regional pré-mirim a sênior e promoverá de forma inédita uma competição destinada para nadadores ACDs e convencionais.

Mitcho antecipou que levará a equipe completa e será a primeira oportunidade que sua equipe convencional estará lado a lado com os ACDs em uma prova oficial. "Todos nadando por pódio e pela mesma equipe com o intuito de mostrar a força da natação são-carlense. Será um momento único, um dia muito especial", garantiu o treinador.

Ele garante que o fato da sua jovem equipe interagir e torcer pelos ACDs será primeiramente uma lição de vida para o futuro. "É uma prova que eles nunca desistam dos seus sonhos. A gente sabe que todos são atletas, mas os ACDs têm uma disciplina diferenciada com uma rotina de treinos e trabalho intensos. Eles encontram dificuldades no dia a dia, mas vão poder olhar com admiração e poder competir lado a lado com um atleta que possui deficiência. Isso é gratificante. Um avanço para o esporte brasileiro", finalizou.

Leia Também

Últimas Notícias