terça, 16 de abril de 2024
Futsal feminino

Asf São Carlos começa Joguinhos com goleada de dois dígitos

Com autoridade, equipe sub18 aplicou 11 a 0 em Santa Rita do Passa Quatro pela fase sub-regional

04 Abr 2024 - 08h38Por Marcos Escrivani
Estreia e com goleada: sub18 da Asf mandou 11 a 0 em cima de Santa Rita pelos Joguinhos Abertos - Crédito: DivulgaçãoEstreia e com goleada: sub18 da Asf mandou 11 a 0 em cima de Santa Rita pelos Joguinhos Abertos - Crédito: Divulgação

Uma estreia pra lá de auspiciosa e encantadora. Assim foi a primeira apresentação na temporada 2024 da equipe sub18 da Asf São Carlos. A equipe de futsal feminino estreou nos Jogos Abertos da Juventude na noite de terça-feira, 2, e aplicou um elástico 11 a 0 em Santa Rita do Passa Quatro pela fase sub-regional. O jogo aconteceu no ginásio municipal de esportes Lázaro de Oliveira, em Itirapina.

O próximo compromisso do time são-carlense será no dia 8, em Ibaté contra a equipe da casa. “Estamos na fase sub-regional e apenas uma equipe se classifica”, disse Ana Cláudia Bianconi, que coordena as equipes de base.

Paralelamente, a Asf disputa a Copa Paulista da LPF e neste sábado, 6, a equipe sub17 vai até Espírito Santo do Pinhal para enfrentar a equipe da casa. “Também será estreia nessa competição que é bem forte e vamos ver como as meninas se saem”, disse.

Copa Paulista

A equipe adulta também esteve em ação na noite de terça-feira, 2, no ginásio municipal de esportes Gigantão, em Araraquara, quando encarou a Ferroviária pela estreia da Copa Paulista.

De acordo com Aninha, a estreia foi boa e serviu para analisar o trabalho feito até aqui. “Pudemos observar o que de fato está dando certo, o que precisamos melhorar, quais falhas corrigir. Acredito que o jogo é o termômetro muito bom de aferição do trabalho”, disse ao final do jogo que terminou empatado em 2 a 2.

Considerando o peso da estreia, a ansiedade por jogar depois de um bom tempo distante das quadras, e ainda que seria com a Ferroviária, uma equipe considerada muito qualificada e de embates diretos sempre muito soado, a análise da técnica “foi de um ótimo jogo”. “As meninas foram bem, se ajudaram, se doaram demais do começo ao fim e isso tem muito valor”.

De acordo com a comandante, o jogo em si não pode ser considerado “bonito de se ver”. “Foi muito travado, na força de vontade, mas por outro lado, foi um jogo jogado, que mostra a qualidade do nosso grupo, pois as atletas conseguiram controlar a ansiedade e defensivamente foi muito bom, mesmo que tenhamos muito ainda a corrigir, foi bom. Saímos na frente com gol da Rafa, depois elas empataram, novamente nós marcamos com Gabi Santos e em seguida elas empataram, e teve bola na trave para elas e pra nós, chances para os dois lados, talvez as mais claras tenham saído para nós, mas é jogo, é imprevisível, incerto e isso também é futsal”, disse.

O próximo desafio da equipe principal da Asf será no dia 27 de abril quando encara o Fut-Fera de Guará no ginásio municipal de esportes Hugo Dornfeld, na Vila São José, a partir das 17h. Neste dia acontece quatro jogos, pois as equipes sub13, sub15 e sub17 abrem a rodada a partir das 12h pela mesma competição.

Leia Também

Últimas Notícias