domingo, 25 de fevereiro de 2024
Esportes

Águia está a um jogo de igualar campanha histórica na Copinha; ambição é voar mais alto

14 Jan 2017 - 08h13
Foto: Marcos Escrivani - Foto: Marcos Escrivani -

Em janeiro de 2008, após perder por 1 a 0 para o Figueirense no estádio municipal Professor Luís Augusto de Oliveira, o São Carlos encerrava a participação na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Naquele ano parou nas quartas de final e ficou com a 7ª melhor campanha na competição.

Em 2017, caso vença o Paulista, no estádio municipal Jayme Cintra, em Jundiaí, neste sábado, 14, a partir das 16h30 (com transmissão do SporTV), a Águia igualará a campanha histórica, pois conquistará uma vaga nas quartas de final da Copinha e se colocará entre as oito melhores equipes do torneio.

Entretanto a ambição são-carlense é maior. A meta é chegar, no mínimo, à semifinal. Pelo menos foi o que deixou caracterizado o técnico Marcelo Albino, em entrevista concedida ao São Carlos Agora.

"Queremos ver a Águia voar bem alto e fazer história na Copa São Paulo. Sabemos que nosso trabalho não é eterno no clube, mas queremos deixar uma marca positiva, valorizar a camisa do São Carlos e deixar nosso nome marcado positivamente", salientou.

Marcelo disse ainda que, quando aceitou o trabalho para dirigir o São Carlos, em conversas com os atletas, tinha deixado claro que a meta era pelo menos igualar a campanha de 2008 da Águia. "Mas não nego que todos têm ambição. E vamos buscar ficar entre os quatro primeiros e quem sabe, o título. Trabalhamos para isso. No clube, todos os integrantes do grupo têm ambição e não há espaço para acomodação. Estamos dando um passo de cada vez, sem ilusão, mas com alegria e felicidade.

JOGO DURO

Contra o Paulista em Jundiaí, Marcelo Albino espera um jogo bem complicado. Talvez o mais difícil até aqui. O adversário além de estar invicto ainda não sofreu gols na competição.

"É uma equipe organizada e preparada. Não é por acaso que está entre as 16 melhores do torneio", explicou.

Por outro lado o técnico são-carlense deixou claro que não irá mudar a postura da sua equipe, mesmo atuando fora de seus domínios pela primeira vez na Copa São Paulo. "Assisti alguns jogos do Paulista e vamos fazer alguns ajustes na equipe. O importante é ter um time equilibrado e que saiba ser cauteloso e agressivo. Mas sem desespero. 1 a 0 é o suficiente para que possamos avançar no torneio", finalizou.

Leia Também

Últimas Notícias