Menu
sábado, 27 de fevereiro de 2021
S.Carlos no mundo da ciência e da tecnologia

Descontaminador rotativo de compras e pacotes com luz ultravioleta (UVC)

14 Fev 2021 - 08h16Por Kleber Chicrala
Utilização do equipamento utilizado para descontaminação:Descontaminador para compras e pacotes com radiação ultravioleta (UVC), que pode ser facilmente instalado em supermercados, lojas, correios , empresas de delivery, ou mesmo em escritórios de alta ma - Crédito: divulgaçãoUtilização do equipamento utilizado para descontaminação:Descontaminador para compras e pacotes com radiação ultravioleta (UVC), que pode ser facilmente instalado em supermercados, lojas, correios , empresas de delivery, ou mesmo em escritórios de alta ma - Crédito: divulgação

Pesquisadores do Grupo de Óptica do Instituto de Física de São Carlos (GO-IFSC/USP) _ Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica (CEPOF), liderados pelo Prof. Dr. Vanderlei Salvador Bagnato, têm estudado ao longo dos anos técnicas de Biofotônica para eliminar microrganismos de diversas naturezas e localizados em diversos lugares. O propósito égarantir a segurança da população, com ênfase muito especial para a pandemia da COVID-19 e outras que agora passarão a ser relevantes. Muitas pesquisas que estavam em andamento foram redirecionadas para a prevenção e combate à pandemia, enquanto outras se iniciaram pelo mesmo motivo.

Depois de terem sido desenvolvidos diversos equipamentos com base em luz ultravioleta na faixa germicida (UVC) – rodos para pisos e objetos hospitalares, descontaminadores de ambientes fechados e esteiras para descontaminação de produtos in natura, entre outros -, agora foi a vez do IFSC/USP desenvolver, de forma inovadora, um descontaminador para compras e pacotes com radiação ultravioleta (UVC), que pode ser facilmente instalado em supermercados, lojas, correios , empresas de delivery, ou mesmo em escritórios de alta manipulação e circulação de pacotes.

A ideia, conforme adianta a pesquisadora DrªThailaQuatrini Corrêa, surgiu para minimizar a propagação de qualquer tipo de microrganismo que possa estar nas superfícies de embalagens, frutas, garrafas, ovos,e itens que estão nas prateleiras dos supermercados. “Como normalmente os itens são manipulados por muitas pessoas, ou mesmo as pessoas respiram sobre eles, existe a chance de ocorrer contaminação entre os clientes e de levar essa contaminação para casa”, sublinha Thaila.

O equipamento, que deverá ser colocado no final do processo de compra, ou de embalagem ou de entrega, ou seja, após o pagamento, é composto por uma espécie de três pequenas plataformas horizontais, onde são colocados os itens (compras).

Ao apertar um botão, essas plataformas giram, sendo que uma delas entra em um compartimento protegido, no qual ocorre a iluminação por UVC de alta intensidade,

Após 20 segundos de iluminação, o sistema gira novamente para liberar os itens já descontaminados, permitindo que a outra plataforma, já com outros itens colocados pelo cliente seguinte, entre novamente no compartimento, repetindo o processo de descontaminação. O sistema é simples, rápido e seguro, por não expor as pessoas a incidência de UVC, sendo operado pelo próprio cliente, que apenas precisa apertar um botão.

Sequência da operação: Colocação das compras na plataforma / Acionando o botão para que a plataforma entre no compartimento / Compartimento fecha e luz ultravioleta UVC é acionada por 20 segundos / Plataforma sai do compartimento após ação de luz ultravioleta UVC por 20 segundos / Produtos descontaminados já podem ser retirados da plataforma (Demonstração feita pela DrªThailaQuatrini Corrêa (GO-IFSC/USP)

“O descontaminador de compras com luz ultravioleta, testado no laboratório de microbiologia do Grupo de Óptica do IFSC/USP, possui alta eficiência em eliminar microrganismos. Diferentes tipos de superfícies foram avaliadas (metal, vidro e plástico) e os testes foram realizados com bactérias. Com apenas 20 segundos de luz ultravioleta sobre as diferentes superfícies foi possível reduzir mais de 99,99% dos microrganismos em todas as faces externas do pacote ou do produto”, enfatiza Thaila.

Quanto aos índices de redução de microrganismos em log de unidades formadoras de colônia por mililitro, os resultados dos testes foram os seguintes:

– superfície de vidro: 3,7 log UFC/mL;

– superfície de metal: 4,1 log UFC/mL;

– superfície de plástico: 4,4 log UFC/mL;

O produto está sendo patenteado e deverá chegar rapidamente ao mercado através de parceiros existentes, ou novos parceiros interessados pelo desenvolvimento.

Segundo o coordenador, Vanderlei Bagnato “A proteção dos indivíduos de nossa sociedade em todas as situações possíveis é essencial neste momento e o será daqui para frente, pois estaremos enfrentando esta situação ainda por alguns anos”

Mais um esforço do IFSC/USP para que a vida continue, agora frente a um “novo normal”.

Fontes: Rui Sintra – Assessoria de Comunicação do IFSC/USP e Jornalismo Científico do CEPOF – INCT – IFSC – USP

kleberchi

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias