Menu
sábado, 27 de novembro de 2021
Cidade

Transporte público de São Carlos pode entrar em greve

Reunião na sede da empresa de transporte coletivo de São Carlos amanhã pode acarretar na paralisação do serviço

15 Dez 2011 - 13h55Por Danilo Moreno

Na manhã dessa quinta-feira (15), cerca de 60 funcionários da Athenas Paulista, empresa que faz o transporte público na cidade, se reuniram na sede do Sindicato dos Empregados em Transportes Rodoviários, Urbanos, Fretamento, Intermunicipal e Suburbanos de São Carlos para decidir a proposta de reajuste salarial da categoria.

Segundo o presidente do Sindicato,  Amador Perez Bandeira,  essa reunião é para que a entidade possa se afinar com a categoria para saberem o que eles pleiteiam junto a empresa. "Já houve uma primeira proposta da empresa de um aumento de 6% no salário, mais R$ 220,00 no ticket alimentação que já foi rejeitada em assembléia", disse.

Bandeira falou que a idéia do Sindicado é chegar a um acordo que seja benéfico para as duas partes, porém para isso ele acredita que a empresa também tem que ceder um pouco. "Então nós vamos trabalhar no sentido de fechar um acordo entre a empresa e os trabalhadores, porque se não houve consenso entre as partes a única saída que existe realmente é a greve", comentou.

O presidente explicou quais seriam o caminho caso não haja acordo na negociação entre a empresa e os funcionários. "Caso não exista acordo na negociação o Sindicato vai abrir um prazo de 72h  para a empresa fazer uma nova proposta e para anunciarmos a greve para a população, pois infelizmente esse seria o único caminho", contou.

Bandeira garantiu que esse é um caminho que nem o sindicato e nem os funcionários querem tomar, pois eles sabem que o grande prejudicado seria a população que depende do transporte público. "A gente gostaria de fechar um acordo porque uma greve traz muito prejuízo principalmente para a população que trabalha e depende do transporte público", concluiu.

Segundo o Sindicato hoje a Athenas Paulista conta com aproximadamente 550 funcionários, que pedem para a empresa de 10% de reajuste salarial e mais R$ 300,00 de ticket alimentação.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias