Menu
quarta, 21 de outubro de 2020
Cidade

Prefeitura inicia 4ª etapa de combate às enchentes na baixada do Mercado

05 Out 2009 - 20h25Por Redação São Carlos Agora
A Prefeitura de São Carlos iniciou nesta segunda-feira (5) mais uma etapa das obras de combate a enchentes na baixada do Mercado Municipal. Essa é a 4ª etapa, que compreende a substituição da ponte sobre o córrego Gregório, na rua São Joaquim, e o alargamento e o rebaixamento da calha do canal entre as ruas São Joaquim e Dona Alexandrina, com  previsão de conclusão de 120 dias.

Estimada em R$ 1,3 milhão, no processo de licitação a obra teve um custo de R$ 1.036.408,62, sendo R$ 945 mil de recursos obtidos por meio de convênio com o Governo do Estado, e o restante é de contrapartida da Prefeitura.

O método construtivo utilizado nesta obra será o de peças pré-moldadas de concreto armado com formato em “L”, a exemplo do que foi utilizado em frente ao Mercado Municipal na primeira etapa das obras de combate às enchentes.

De acordo com o secretario municipal de Obras Públicas, Flávio Micheloni, com essa 4ª etapa os problemas de enchentes na baixada do Mercado serão minimizados, porém não resolvidos totalmente.

“O plano de combate às enchentes na região da baixada do mercado municipal, iniciado em 2002, é bastante amplo e nós temos realizado obras em etapas. Essa é mais uma etapa que vai minimizar a situação evitando o transbordamento do córrego na rua Geminiano Costa entre as ruas São Joaquim e D. Alexandrina”, ressaltou Micheloni.

Investimentos anteriores: Nas três primeiras etapas foram realizadas as seguintes obras: substituição da ponte da rua Episcopal com o rebaixamento e alargamento da calha do canal do córrego Gregório em frente ao Mercado municipal, substituição da ponte da rua D. Alexandrina, e substituição da ponte da rua José Bonifácio.

Nos últimos 8 anos a Prefeitura de São Carlos investiu cerca de R$ 13 milhões em obras de combate às enchentes, melhorias viárias e plantio de árvores ao longo do córrego do Gregório, que vai desde as proximidades da Escola Educativa até a Rotatória do Cristo, no encontro com o córrego Monjolinho.
Grande parte desses recursos são provenientes do Governo Federal, seja via Ministérios ou Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Há também uma parte de recursos do governo do Estado, principalmente no combate às enchentes na região da baixada do Mercado.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias