Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Cidade

Plano de Segurança prevê a criação do Observatório da Criminalidade

07 Jul 2009 - 11h54Por Redação São Carlos Agora
Durante a Conferência Municipal Livre de Segurança Pública, que aconteceu no último sábado (4), no auditório do Instituto Álvaro Guião, o prefeito Oswaldo Barba anunciou que o Plano Municipal Integrado de Segurança Pública, ainda em sua administração, terá outros investimentos como a criação do Observatório da Criminalidade, um órgão colegiado, composto das principais autoridades da área de segurança pública do Município, com a tarefa de acompanhar os índices de criminalidade de forma científica, metodológica, com base em dados colhidos pelos diversos órgãos envolvidos com a segurança pública.

"Com os dados das ocorrências em mãos, poderemos traçar com melhor propriedade as políticas públicas do setor, prevendo com maior precisão seus resultados e corrigindo suas falhas, na medida em que poderemos dirigir sua aplicação com o objetivo de obter melhores resultados", ressaltou o prefeito.

O prefeito ressaltou que o Observatório da Criminalidade seguirá a linha do Plano Integrado de Segurança, que é o trabalho em conjunto da Prefeitura com os demais órgãos de segurança pública. "O Plano Municipal Integrado de Segurança Pública, criado em 2001 e premiado em 2005 pela Fundação Getúlio Vargas como modelo de gestão pública, trouxe resultados positivos para São Carlos na redução da criminalidade. E a criação do Observatório da Criminalidade será um passo a mais no combate à violência e São Carlos caminha para alcançar o nosso objetivo de torná-la moderna e humana", disse.

Conferência - A Conferência Municipal Livre de Segurança Pública contou com a participação do secretário de Governo, Marcos Martinelli, do presidente do Conseg (Conselho de Segurança), Joel Amaro, do representante da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), David Pires, do delegado seccional de São Carlos, Wanir José da Silveira Júnior, do comandante interino do 38º Batalhão da Polícia Militar, major Jorge Luís Negretto, do juiz da 1ª Vara Criminal de São Carlos, Antônio Benedito Morello e do vereador Normando Lima (PSDB), que representou o Poder Legislativo. Durante o dia, houve várias dinâmicas em grupo com os participantes da conferência.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias