Menu
terça, 03 de agosto de 2021
Cidade

Metas para o Plano Nacional de Cultura são discutidas em São Carlos

14 Out 2011 - 16h11
0 - 0 -

São Carlos sediou o seminário do Plano Nacional de Cultura, na categoria cidade do interior, no qual participaram 80 pessoas de 15 cidades diferentes. O encontro foi nesta quinta-feira (13), no Paço Municipal.

Com a abertura feita pelo prefeito Oswaldo Barba, o evento também contou com a participação do vice-prefeito, Emerson Leal, da coordenadora de Artes e Cultura, Telma Olivieri, do vereador Ronaldo Lopes e de representantes do Ministério da Cultura: Américo Córdula, diretor do departamento de Estudos e Monitoramento de Políticas Culturais, Marcelo Velloso, coordenador geral de Institucionalização de Monitoramento do Sistema Nacional de Cultura (SNC) e do chefe de Representação Regional São Paulo, Valério Bemfica.

O seminário teve como objetivo propor uma discussão sobre as metas do Plano Nacional de Cultura para os próximos 10 anos, no qual poderão ser revisadas a cada quatro anos, promovendo a diversidade cultural brasileira e reafirmando a ideia da cultura como um direito do cidadão.

Em clima de expectativa, o prefeito deu início ao seminário ressaltando sua alegria por São Carlos ter sido a escolhida pelo MinC para ser sede de um dos três seminários sobre o PNC. "Essa escolha repercute, sem dúvida, naquilo que nós temos feito na Arte e na Cultura no nosso município. Somos uma das poucas cidades a investir 3% do orçamento em Arte e Cultura e fomos considerada a 9ª cidade que mais investe em ações culturais no país pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). Se imaginarmos que nós temos 5.600 municípios em todo o Brasil e São Carlos, sendo uma cidade de 220 mil habitantes, ficar entre as nove primeiras cidades, isso significa que estamos investindo mais do que muitas capitais brasileira em cultura", diz Barba.

Além desses índices, Barba falou sobre alguns projetos culturais que são sucesso na cidade, como o Tenda Móvel de Teatro que leva cultura aos bairros distantes do centro da cidade.

Ainda durante a abertura, o prefeito agradeceu a atenção e o carinho que o secretário de Políticas Culturais do MinC, Sérgio Mamberti, tem por São Carlos e comunicou a todos o motivo da ausência do secretário. "Em nome da nossa presidenta Dilma Rousseff, o secretário precisou ir à Europa representar o Brasil", informa.

Segundo Telma Olivieri este seminário é uma oportunidade da população participar ativamente da construção do Plano Nacional. "Com a nossa participação também será possível que cobremos as realizações das metas que escolhemos e participarmos ativamente de cada uma dela", destaca Telma.

Na oportunidade, Américo destacou a escolha de São Carlos para sediar o segundo seminário do Plano, sendo um realizado na capital São Paulo e outro que será posteriormente discutido na baixada santista. "Escolhemos São Carlos para sediar este seminário pela importância cultural que ela exerce na Cultura do Estado de São Paulo todo", diz.

Para complementar as discussões, o Plano Nacional de Cultura ficará com a consulta pública aberta à disposição até o próximo dia 20. Na consulta, as pessoas poderão fazer sugestões pelo site do ministério. O texto preliminar reúne 275 ações agrupadas em 48 metas, em 36 áreas estratégicas que devem ser atingidas em dez anos.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias