segunda, 22 de julho de 2024
Vamos ajudar?

Família faz campanha para ajudar criança cadeirante com microcefalia em São Carlos

Dependente, Arthur Henrique, de apenas 7 anos e 10 meses, necessita de uma cadeira de rodas adaptada

12 Jun 2024 - 08h35Por Marcos Escrivani
Arthur, o papai Cristiano e a mamãe Lucineia: campanha visa ajudar o pequeno são-carlense a ter uma nova cadeira de rodas adaptada - Crédito: DivulgaçãoArthur, o papai Cristiano e a mamãe Lucineia: campanha visa ajudar o pequeno são-carlense a ter uma nova cadeira de rodas adaptada - Crédito: Divulgação

Uma campanha para ajudar uma criança cadeirante de São Carlos, com microcefalia, está sendo realizada na cidade e conta com o apoio do São Carlos Agora.

Os pais de Arthur Henrique, de apenas 7 anos e 10 meses, buscam recursos para poder quitar o débito feito com a Jumper, uma empresa estabelecida em Rio Claro e que é especializada na produção de cadeiras de rodas adaptadas. Para proporcionar maior conforto e qualidade de vida para Arthur, o valor da cadeira de rodas que deverá ser entregue em aproximadamente 60 dias ficou em R$ 17.710,00.

“Já efetuamos a compra e demos a entrada com uma poupança que conseguimos fazer e com outra quantia arrecadada em uma vakinha virtual. Até o dia da entrega da cadeira de rodas para o Arthur, vamos precisar ter em mãos mais R$ 3 mil. Por isso fazemos esta campanha e peço a Deus que possamos contar com a solidariedade das pessoas, para que eu e meu marido possamos dar mais qualidade de vida para nosso pequeno anjo”, disse a dona de casa Lucineia Santos Fontanesi, 41 anos. Ela reside com o esposo Cristiano Fontanesi, 44 anos, pedreiro autônomo e residem com o filho único do Jardim Brasil.

Dependente

Em entrevista ao São Carlos Agora, Lucineia disse que Arthur é totalmente dependente e nasceu com microcefalia. Quando o filho completou um ano ela deixou de trabalhar (era auxiliar de sala) e desde então dedica-se 24 horas por dia ao pequeno Arthur, que frequenta a escola e passa a maior parte do dia sentado.

“Desde os dois anos, quando ganhamos a primeira cadeira de rodas, ela passou por várias adaptações e manutenções. Mas agora, quase seis anos depois, ela não proporciona mais conforto ao nosso filho. Por isso foi necessário uma que proporcione mais conforto e qualidade de vida para nosso filho. Como uma nova cadeiras de rodas adaptada é muito cara, conseguimos guardar um pouco de dinheiro, fizemos uma vakinha virtual, mas ainda não foi o suficiente. Por isso idealizamos uma campanha e contamos com a ajuda de vocês (SCA). Espero que as pessoas nos ajudem e nos dê uma força. Agradeço a Deus a atenção e o carinho de todos, pela empatia mostrada para nosso pequeno Arthur”, finalizou Lucineia.

As pessoas que puderem e desejarem ajudar nesta campanha e dar uma parcela de contribuição para que o pequeno Arthur consiga uma nova cadeira de rodas adaptada, basta entrar em contato com a mamãe Lucineia pelo fone (WhatsApp) 16 98123-4049.

Leia Também

Últimas Notícias