Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Educação

Escolas municipais superam meta de 2021 no Ideb

06 Set 2018 - 07h12Por Redação
Escolas municipais superam meta de 2021 no Ideb - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

As escolas municipais de São Carlos atingiram a média de 7 pontos no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2017, ultrapassando a meta do ano de 2021 que era atingir a pontuação geral de 6,7. Realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o índice é divulgado a cada dois anos e é o principal parâmetro de qualidade da educação nacional. Em 2015, a cidade alcançou 6,5 pontos.

O Ideb avalia o ensino fundamental e médio no país, com base em dados sobre aprovação nas escolas e desempenho dos estudantes no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), com exames de língua portuguesa e matemática.

A média atingida pelas escolas municipais também ultrapassou a média das escolas estaduais da cidade que conseguiram a pontuação de 6,5 no geral. “Desde o início da administração, o prefeito Airton Garcia priorizou os investimentos em educação. Hoje, o município investe mais de 25% em educação e esses recursos foram indispensáveis para a implantação do Centro de Formação, das melhorias em infraestrutura e a construção de mais 6 escolas”, disse Nino Mengatti, secretário municipal de Educação.

Além da média do município, o índice é divulgado por escola e algumas se destacaram. As escolas Angelina Dagnone de Melo e Dalila Galli tiveram as maiores notas: 7,5. A Emeb Arthur Natalino Deriggi atingiu 7,1, no Ideb passado tinha 5,9. A Emeb Antônio Stella Moruzzi também saiu de 6,8 e conseguiu 7,4 na avaliação mais recente.

“Foi um grande avanço da rede municipal de ensino. Um esforço conjunto que demonstra que estamos no rumo certo. A melhoria dos nossos índices também vem da dedicação e empenho da nossa rede como um todo: professores, diretores, apoiadores, servidores de maneira geral. Para ampliar ainda mais a rede, estamos investindo em novas parcerias, na informatização e principalmente na capacitação da rede”, explicou Nino Mengatti.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias