Menu
sábado, 19 de setembro de 2020
Cidade

Barba abre oficialmente o seminário ?Desafios da Recriad na construção dos direitos humanos?

07 Dez 2009 - 18h36Por Redação São Carlos Agora
O prefeito Oswaldo Barba juntamente com o secretário municipal de Infância e Juventude, Roberto Menezes, abriu nesta segunda-feira (7) o seminário “Desafios da Rede de Informação da Criança e do Adolescente – Recriad na Construção dos Direitos Humanos”. O evento é uma realização da Prefeitura, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente com apoio da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo.

Participaram do evento as representantes da Fundação Telefônica, Thalita Montiel, do Conselho Regional de Psicologia, Cláudia Zanquim, a secretária municipal de Cidadania e Assistência Social, Rose Mendes, a diretora de Políticas Públicas para a Infância e Juventude, Regina Helena Granja, diretores de escolas e representantes de entidades.

A Recriad é um sistema que pretende interligar todos os programas e projetos de atenção e proteção à criança e ao adolescente, desenvolvido por meio de uma parceria entre a Prefeitura, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Fundação Telefônica e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

Na abertura do Seminário foi realizada a apresentação da Rede e no período da tarde foi montada uma mesa redonda com o tema “Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes num Contexto de Desigualdade Social” com a participação de José Fernando Siqueira da Silva Profº Drº do Departamento de Serviço Social da Universidade de São Paulo (UNESP) - Campus de Franca, Roseli Esquerdo Lopes, Profª Drª em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e professora Associada do Departamento de Terapia Ocupacional e do Programa de Pós-Graduação em Terapia Ocupacional e de Pós-Graduação em Educação da UFSCar e Clarissa Mendonça Corradi Webuster, Psicóloga e Mestre em Saúde Pública da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto e doutoranda em Psicologia.

Roberto Menezes abriu os trabalhos agradecendo a presença de todos os integrantes da Recriad e disse que o principal objetivo é integrar, ampliar, fortalecer e operacionalizar um sistema de rede (governamental e não governamental) no acompanhamento dos resultados e execução de estratégias para otimizar e melhorar a qualidade dos programas, projetos e ações de atendimento integral à infância e juventude. “A nossa intenção é integrar todos os pontos de atendimento para discutir novas propostas de trabalho entre as Secretarias Municipais, Conselho Tutelar, Conselho de Direitos da Criança e do Adolescente, Creches e escolas Municipais e conveniadas, projetos de complementação escolar, entidades profissionalizantes e outros órgãos”.

São Carlos integra um grupo de oito cidades (Araçatuba, Bebedouro, Diadema, Itapecerica da Serra, Guarujá, Mogi das Cruzes e Várzea Paulista) que desenvolvem o projeto com o apoio e orientação da Fundação Telefônica. O processo se facilita na troca de experiências com municípios, em nível nacional, que já implantaram o sistema.

Já Barba garantiu que a Prefeitura continuará trabalhando para a implementação completa da Rede. “O trabalho em rede é importantíssimo para que possamos manter o nosso Índice de Vulnerabilidade Juvenil hoje o menor entre os municípios com mais de 100 mil habitantes. Somente conseguimos avanços nessa área porque já temos uma rede social de proteção à infância e juventude em funcionamento”.

O prefeito também anunciou que no próximo ano vai propor a criação do segundo Conselho Tutelar. “A cidade necessita de mais um conselho para dar ainda mais agilidade ao excelente trabalho já desenvolvido nessa área”.

Durante a solenidade de abertura o prefeito Oswaldo Barba também entregou os certificados do primeiro treinamento do Sistema Informatizado do Recriad aos participantes e 50 computadores para entidades de atendimento à criança e ao adolescente registradas no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e para órgãos do poder público. Receberam os equipamentos a Associação Amigos São Judas Tadeu, Associação de Amigos São Pedro Julião Eymard, Associação Proara (Projeto Aracy Ongs), Catem, Cáritas Paroquial São Nicolau de Flue, Sociedade Amigos dos Escoteiros de São Carlos, Centro da Juventude Elaine Viviani, Conselho Tutelar, CREAS, os 28 Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis), e as 8 Escolas Municipais de Educação Básica (Emebs).

O Seminário continua nesta terça-feira (8) e quarta-feira (9) no Centro da Juventude Elaine Viviani, localizado na avenida Paulo VI, 1.000, no jardim Monte Carlo, das 9h às 17h, quando serão ministradas palestras relacionadas ao tema com a participação do antropólogo da UNICAMP Edson Sêda, especialista em Organização Comunitária e Capacitação em Recursos Humanos, Consultor Internacional de Direitos Humanos e membro da Comissão Relatora do Estatuto da Criança e do Adolescente. Em 1995 foi o vencedor do Prêmio Criança e Paz do Fundo das Nações Unidas para a Infância –UNICEF.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias