Menu
terça, 26 de janeiro de 2021
Cidade

Audiência na Câmara discute políticas de enfrentamento à violência contra mulheres

21 Ago 2013 - 11h56

A Câmara Municipal realiza nesta quinta-feira (22), às 19h, no Edifício Euclides da Cunha, uma audiência pública para discussão de assuntos relacionados ao tema "Políticas Públicas de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres". A audiência agendada pelo presidente da Câmara, Marquinho Amaral (PSDB), atende à solicitação apresentada pelo vereador Ronaldo Lopes (PT), através do requerimento nº 0673/13, aprovado por unanimidade pelo Legislativo.

Foram convidados para participar do evento  a secretária municipal da Cidadania e Assistência Social, Wiviane Spaziani Tiberti, a delegada titular da Delegacia de Defesa da Mulher, Denise Gobbi Szakal, o juiz André Macedo,do Fórum Criminal, a defensora pública Maria Alice Packness Oliveira Macedo e representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, do Laboratório de Análise e Prevenção da Violência (Laprev) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e da Frente Feminista de São Carlos.

Cada um dos convidados terá 10 minutos para se pronunciar na tribuna da Câmara e em seguida será aberto o debate público, segundo informou Ronaldo Lopes.

O vereador afirmou que o objetivo da audiência é conhecer a atual política municipal de enfrentamento da violência contra a mulher, tema que teve anteriormente uma ação articulada com a secretaria nacional de política para mulheres. Citando o episódio do fechamento e reabertura da Casa Abrigo neste ano, Ronaldo observou que será uma oportunidade para que o movimento em defesa das mulheres na cidade receba informações sobre o encaminhamento da questão no atual governo municipal e também com relação à atuação do Creas (Centro de Referência Especializado da Assistência Social),vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social.  "Nada melhor do que promover uma audiência pública para que sejam feitos esclarecimentos sobre ações nessa área, dirimindo dúvidas e possibilitando que a Prefeitura Municipal na atual gestão possa buscar recursos em outras esferas de governo para fortalecer a estrutura de proteção aos direitos das mulheres no município".

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias