Menu
quinta, 22 de outubro de 2020
Cidade

Adesão de São Carlos ao Pronasci garante mais investimentos em segurança

18 Dez 2009 - 18h39Por Redação São Carlos Agora
O prefeito Oswaldo Barba anunciou, na manhã de sexta-feira (18), a adesão de São Carlos ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). De acordo com o prefeito, a participação da cidade no programa assegura mais investimentos no setor.

O anúncio teve a participação do presidente Câmara, Lineu Navarro, do secretário de Governo, Marcos Martinelli, do subcomandante do 38º Batalhão da PM, major Paulo Vilhelm, do delegado seccional Wanir José da Silveira, do comandante dos postos de Bombeiros de São Carlos, Rangel Gregório, e do delegado da Polícia Federal, Nelson Edilberto Siqueira, além de demais autoridades ligadas à segurança pública.

O Pronasci prioriza a prevenção e busca atingir as causas que levam à violência sem abrir mão da repressão para enfrentar a criminalidade. São mais de 90 ações preventivas e repressivas que integram a União, Estados, municípios e diversos setores da sociedade.

O público-alvo é formado por jovens de 15 a 24 anos à beira da criminalidade, presos e os que já cumpriram pena. Atualmente, são integrantes do Pronasci 112 municípios, 21 estados e o Distrito Federal.

Segundo o secretário de governo, Marcos Martinelli, a inserção de São Carlos significa a modernização e o avanço do município nas políticas públicas de segurança. “É importante destacar que a cidade tem o Gabinete de Gestão Integrada do Município (GGIM), que tem como componentes representantes das polícias e sociedade civil, que vão opinar e dar sugestões sobre as áreas de atuação a partir do Pronasci”, observou.

O presidente da Câmara, Lineu Navarro, lembrou que São Carlos realiza ações de combate à violência desde 2001. Ele destacou a importância da participação dos conselhos como Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) e Comseg (Conselho Municipal de Segurança) no debate de temas que aprimorassem a segurança de São Carlos.

Projetos – No Estado de São Paulo, além de São Carlos, estão no Pronasci os municípios de Carapicuíba, Suzano, Estância Hidromineral de Poá, Guarujá, Sumaré, Guararema e Itaquaquecetuba.

De acordo com o prefeito Oswaldo Barba, firmados os convênios, as cidades poderão escolher quais projetos preventivos de segurança pública do Pronasci se enquadram à sua realidade. O total de recursos destinados a cada município dependerá das propostas apresentadas. São Carlos prioriza dois eixos de investimentos: a criação do Observatório da Criminalidade (R$ 395 mil) para monitorar e detectar as áreas prioritárias de investimentos em segurança e a reestruturação da Defesa Civil (R$ 210 mil). “Num primeiro momento, o Pronasci contemplava cidades em que os índices de violência são considerados preocupantes. Argumentamos com o ministro da Justiça, Tarso Genro, a importância de inserir cidades que investem em segurança e para nossa grata satisfação, na última quarta-feira, assinamos o convênio de adesão ao programa”, explicou.

Barba enalteceu que as políticas de segurança pública adotadas pelo município são bem sucedidas. “Tanto é que o Ministério da Justiça e o Fórum Brasileiro de Segurança divulgaram pesquisa mostrando São Carlos com o menor Índice de Vulnerabilidade Juvenil entre todas as cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes, o que reforça a nossa política bem sucedida em defesa do jovem”, encerrou.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias