Menu
terça, 18 de dezembro de 2018
Cidade

Reunião define ajustes no projeto de federalização do HE

26 Mar 2014 - 21h03
0 - 0 -
O prefeito Paulo Altomani, recebeu na tarde desta quarta-feira (26), em seu gabinete no Paço Municipal, o reitor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Targino de Araújo Filho e o vereador e presidente da Câmara Municipal, Marquinho Amaral, para definir detalhes do Projeto de Lei da transferência do Hospital Escola para a UFSCar. A reunião também contou com a participação do Secretário de Governo, Júlio Soldado, do Procurador Geral do Município, Waldomiro Antonio Bueno de Oliveira, do chefe de gabinete, Alfredo Colenci Júnior, da procuradora geral da UFSCar, Patrícia Ruy Vieira e dos vereadores Antonio Carlos Catharino e Dé Alvim.
 Durante encontro, houve discussão e entendimento em relação aos compromissos e responsabilidades da Prefeitura e da UFSCar, que serão anexados ao Projeto de Lei de federalização do HE. A reunião decidiu que a prefeitura permanecerá com a gestão do Hospital nos próximos 12 meses. Além do prédio, todo patrimônio mobiliário e recursos oriundos do Ministério da Saúde, serão repassados para a Universidade Federal,  para construção de leitos e aquisição de equipamentos.
O presidente da Câmara Marquinho Amaral, pontuou que o encontro também foi importante para a decisão de manter a OSCIP SAHUDES, junto ao município durante o processo de transferência do Hospital. “A reunião foi muito importante para um entendimento geral da prefeitura, câmara e UFSCar, na questão das responsabilidades. Quero enaltecer o trabalho do prefeito Paulo Altomani e dizer que todas as vezes que nós solicitamos uma solução para o projeto, fomos atendidos. Nossa intenção é que na próxima terça-feira, a federalização do Hospital Escola seja votada”, disse o presidente da Câmara.
Entre as propostas do processo de transferência do Hospital Escola, que será administrado pela Universidade Federal, está a meta de oferecer 225 leitos, sendo 50 de UTI-UCI, para atendimento de média e alta complexidade regional, a ser atingida em duas etapas.
Segundo o reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, a transferência do Hospital Escola para Universidade, cumprirá importante papel na formação dos alunos do curso de medicina. “Hoje demos um paço importante no projeto de Federalização do Hospital Escola. Existem algumas questões que precisam ser definidas, creio que até o final de semana tudo esteja resolvido. A Federalização do Hospital vai atender a necessidade da UFSCar e principalmente a saúde da população.” afirmou Targino.
 A procuradora geral da UFSCar, Patrícia Ruy Vieira, citou que o processo de transição está sendo um desafio. “É um projeto interessante e novo para a universidade e para a prefeitura, que está demandando esforço. Com a boa vontade de todos, estamos construindo a solução. A Universidade está apostando neste processo, para que o quanto antes, o Hospital esteja funcionando com os alunos”, disse Patrícia.
 Confiante e satisfeito com o encontro, o prefeito Paulo Altomani disse que espera concluir até o final desta semana, o projeto de federalização do Hopistal Escola. “Agradeço a presença do reitor Targino, do Marquinho Amaral, do Catharino, do Dé Alvim e de todos os vereadores que estão trabalhando para que as coisas aconteçam de forma positiva. Vou cobrar total empenho de todos da prefeitura, pois queremos enviar o projeto de transferência do Hospital Escola o quanto antes. Os vereadores precisam apreciar a proposta do projeto caminhando tudo certo, ele deverá estar aprovado pelos vereadores na próxima semana”, finalizou Paulo Altomani.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias