Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Região

Mulher acusada de homicídio localizada pela polícia é liberada pela Lei Eleitoral em Araraquara

07 Out 2014 - 09h30Por Sim News

Na manhã de segunda-feira (6), uma mulher de 32 anos foi detida após a liberação de um mandado de prisão preventiva em Araraquara. Ela é suspeita pelo assassinato do ex-marido, que foi espancado por ela e pelo irmão no dia 26 de abril deste ano. Nilton Senapeschi ficou internado por 27 dias na Santa Casa e faleceu devido a gravidade dos ferimentos.

A prisão preventiva foi decretada e os policiais encontraram a mulher facilmente, pois ela continuou morando e trabalhando na cidade. Devido a Lei Eleitoral, ela foi liberada. O irmão, que participou do crime, não foi localizado e pode ser considerado foragido dentro de 48 horas.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias