Menu
segunda, 08 de março de 2021
Esportes

Tenistas de São Carlos furam quali e se juntam a Zampieri na chave principal do Challenger de Medellin

26 Set 2016 - 17h08Por Redação
Foto: João Pires/FotoJump - Foto: João Pires/FotoJump -

Três tenistas do Centro de Formação e Rendimento (CFR) de São Carlos, Caio Zampieri, Fernando Romboli e Nicolas Santos disputam o ATP Challenger de Medellin, a partir desta segunda-feira, 26, na Colômbia, torneio de US$ 50 mil, com hospedagem para os jogadores, em quadras de saibro.  Romboli e Santos passaram pelo qualifying e Zampieri, 352º do mundo, já estava garantido na chave principal.

O paulista de Mogi-Guaçu Zampieri enfrenta o sueco Christian Lindell em busca de vaga nas oitavas de final. A partida vai marcar o desempate dos confrontos diretos entre os tenistas, com uma vitória para cada lado. Eles se enfrentaram duas vezes em 2013. "Treinei bem esses dias, estou confiante e com um bom ritmo de jogo. Espero fazer uma boa estreia aqui na Colômbia", falou Zampieri.

O carioca radicado em Santos, Romboli, 560ª, venceu duas partidas para passar o qualifying, o chileno Michel Vernier, por 5/7 6/4 6/1 e na rodada classificatória, bateu Guillermo Rivera-Aranguiz, por 6/7 (2) 4/2 e desistência. "Estou muito feliz em passar mais esse quali, foram dois jogos bem difíceis, em que tive que ter paciência e força mental para vencer", falou Romboli, que também furou o quali do último torneio ATP Challenger, que disputou, em Barranquilla, há duas semanas. "Agora, espero levar vantagem por ter já ter feito dois jogos aqui e, quem sabe, estar um pouco mais adaptado que os outros", disse Romboli, que enfrenta hoje o argentino Nicolas Kicker, cabeça de chave 7 e 134º do mundo.

Para passar o quali, o paulista de Adamantina Nicolas Santos venceu o colombiano Diego Giraldo, com duplo 6/2, o peruano Juan Pablo Varillas, por 7/6 (5) 6/3 e depois derrotou Bruno Sant'Anna, por 6/4 1/6 7/5. Agora, ele enfrenta o convidado (wild card) Sergio Hernandez Ramirez, da Colômbia, nesta terça. "Joguei bem no quali, venho encaixando bem o meu jogo aqui, que é um lugar muito rápido. Estou confiante, espero ir evoluindo a cada partida e tentar sempre melhorar, sem pensar muito lá na frente, estou tranquilo", falou Nicolas, 941º.

O outro tenista do equipe, Ricardo Hocevar, parou no qualifying. O paulista superou na estreia o colombiano José Bendek, por 6/3 6/2, e depois caiu diante de Orlando Luz, por 7/6 (5) 4/6 7/5, na rodada classificatória.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias