Menu
sexta, 25 de setembro de 2020
Talento regional

Fisiculturista de Dourado conquista título internacional em terras mineiras

17 Out 2018 - 08h27Por Marcos Escrivani
Fisiculturista de Dourado conquista título internacional em terras mineiras - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

A personal e fisiculturista douradense Cláudia Alves, 33 anos, cravou a medalha de ouro no peito após conquistar o título Noites dos Campeões, realizado sábado, 13, pela Internacional Muscle Contest. O evento aconteceu no Teatro Urca, em Poços de Caldas.

Cláudia fez seu ‘debut’ em provas oficiais e não decepcionou. Tendo como adversárias fisiculturistas de outros países, conquistou duas medalhas de ouro. Em sua categoria, a Woman Physique e ainda campeã geral (Overall). Ela foi a única atleta de toda a região a participar do evento internacional.

Dedicada, Cláudia concedeu entrevista ao São Carlos Agora e disse que é uma profissional experiente, com 13 anos de trabalhos voltados para a “cultura do corpo”.

“Sou formada em Educação Física e sou personal. Há 10 anos pratico o fisiculturismo. Na verdade sempre gostei de atividades esportivas, mas me apeguei a esta prática esportiva quando comecei a fazer estágios em academias. Ai deu vontade de competir e passei a me dedicar ainda mais a esta prática”, afirmou a atleta douradense.

Determinada em competir, Cláudia disse que passou a treinar diariamente e seguir dietas rígidas. “Hoje tenho 3% de gordura no corpo e peso 56 quilos. E na categoria que estou, há muitas exigências e poucas mulheres conseguem maturidade muscular. Tenho ombros largos, coxas e abdômen definidos. Enfim, busco diariamente a superação para satisfazer a exigência desta modalidade esportiva”, garantiu.

ESTREIA DOURADA

Em Poços de Caldas, Cláudia comemorou duas vezes a medalha de ouro. Deixando a modéstia de lado, ela afirmou que, mesmo sendo sua estreia, foi com o intuito de vencer.

“Eu estava bem preparada. Foram meses focada neste evento. Tive gastos como médico, alimentação e vestuário. Então não fui somente para competir. Queria mesmo era a vitória”, confidenciou, salientando que quer ser espelho para os jovens da região. “Espero que o fisiculturismo tenha mais participantes em toda a região e mostrar que temos condições de surpreender”, disse.

Diante do feito dourado em terras mineiras, Cláudia garantiu que presente continuar na carreira e vai competir outras vezes. No dia 13 de abril de 2019, em São Paulo, irá participar do Arnold Class, uma competição ainda maior. “Ai o bicho vai pegar. Mas irei bem preparada”, garantiu.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias